TV

Com alta rejeição, Petrix Barbosa é o segundo eliminado do 'BBB 20'

Ele encarou um paredão quádruplo com Babu Santana, Hadson e Pyong Lee

Agência O Globo
Em meio a acusações de assédio, o ginasta Petrix Barbosa foi o segundo eliminado do “Big Brother Brasil 20”, com 80,27% dos votos, na noite de ontem. Ele encarou um paredão quádruplo com Babu Santana, Hadson e Pyong Lee. A disputa teve quatro nomes depois de a prova Bate e Volta ser cancelada por causa do choque entre o hipnólogo e o atleta na hora da corrida para atender o Big Fone, que ficou sob revisão da produção.
Foto: Reprodução | TV Globo

Já fora da casa, o atleta pareceu surpreso com a eliminação: — Eu vivi intensamente, me dediquei o máximo que eu pude. Eu não sei o que está acontecendo, eu vou ver tudo agora. Foi um privilégio ser o primeiro líder, mas eu pensei desde o início que já era uma coisa difícil, era uma cilada. Eu fiz o que achava melhor e não consigo me arrepender disso.

A passagem de Petrix pela casa foi repleta de polêmicas. Desde a primeira festa do reality, o ginasta vem acusado de assédio e rechaçado nas redes. Na última segunda, dia 3, a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, entregou uma intimação na Rede Globo para que Petrix Barbosa seja ouvido na investigação dos casos de assédio contra mulheres ocorridos no programa. A Polícia Civil disse que o ginasta precisa ser ouvido até esta sexta-feira, dia 7, e caso Petrix seja eliminado no paredão da próxima terça, dia 4, ele poderá ser ouvido após a eliminação.
Tem pesado contra Petrix três acusações de assédio. Uma com Flayslane, em que encostou partes íntimas na cabeça da paraibana, e duas envolvendo Bianca Andrade, a Boca Rosa. Com a influencer, fãs acusaram o ginasta de se aproveitar em um abraço e após fazer uma massagem nas costas da confinada.