Cinema

Com atuação brilhante de Glenn Close, “A Esposa” fala sobre submissão e mágoa

Atriz levou todos os prêmios da temporada e é a mais cotada para ganhar o Oscar

Heyder Mustafa (heyder.mustafa@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Até que ponto uma talentosa mulher está disposta a se anular profissionalmente em prol do marido? Até quando ela suporta sair de cena para que ele seja sempre reverenciado nos palcos da vida? Quando a musa inspiradora vai rejeitar seu papel de coadjuvante e reivindicar o protagonismo que lhe pertence? Essas são algumas questões enfrentadas por Joan (Glenn Close), esposa do reconhecido escritor Joe Castleman (Jonathan Pryce), que acaba de ser contemplado com o Nobel de Literatura.  

Foto: Reprodução

“A Esposa” fala sobre mágoa, ressentimento e submissão de uma mulher que cansou de passar a vida à sombra do marido. De forma contida, o filme mostra com flashbacks como esta relação se desenvolveu e os motivos que fizeram Joan abrir mão da carreira para dar passagem ao talento de Joe. O roteiro adaptado do livro de Meg Wolitzer é bem feito e caiu no gosto de Hollywood, em meio a campanhas contra o assédio e discursos pela valorização do trabalho feminino na indústria do cinema.

 

Mas o que faz mesmo o filme funcionar é a grandiosa atuação de Glenn Close. Sem caras e bocas exageradas, gestual excessivo ou gritos histéricos, a veterana encarna uma esposa ressentida, que começa a se dar conta de quanto tempo perdeu deixando de ser ela mesma. O silêncio de Close ensurdece. Sua expressão diz mais do que qualquer palavra. Sua fúria contida mostra o duelo entre o arrependimento da profissional e o sacrifício da esposa e mãe preocupada com o núcleo familiar. Não à toa, a atriz está levando todos os prêmios da temporada e é a mais forte candidata ao Oscar deste ano. Se ganhar, será o primeiro da carreira para coroar uma atriz de 71 anos tão intensa quanto sua personagem.

Heyder Mustafá é jornalista e produtor cultural formado pela UFBA. No radiojornalismo há dez anos, foi apresentador da Band News FM, da CBN e atualmente é editor de conteúdo da GFM 90,1, da Bahia FM e apresentador do Fala Bahia. Fissurado por cinema, literatura e viagens, sempre vai ter uma boa dica para oferecer e motivos para escrever sobre esses três mundos.