Séries

Com polêmicas e convidados especiais, Os Simpsons completam 25 anos na TV

Primeiro episódio da série foi exibido no dia 17 de dezembro de 89, no horário nobre da FOX

Redação iBahia (agenda@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Com mais de 500 episódios já exibidos e uma versão no cinema, 'Os Simpsons', completam nesta quarta-feira (17), 25 anos na TV.  Criados por Matt Groening a pedido do produtor James Brooks para uma série de curtas, em 1987, o primeiro episódio da icônica família de Springfield, foi exibido no horário nobre da FOX nos Estados Unidos, dois anos depois, no dia 17 de dezembro de 1989.


Após 25 anos de exibição, Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie, já receberam centenas de participações especiais de astros da música, do cinema, da TV, políticos, empresários poderosos etc. Além de rederem muita polêmica.


Entre as celebridades, a série já recebeu nomes como, Ramones, e os ex-beatles Ringo Star, George Harrison, Paul McCartney, além da rainha Elizabeth II.

 

Ramones


Considerado pelo  próprio Matt Groening, criador da série, a mais marcante da história. A banda ícone do punk aparece no episódio 'A infância do Sr. burns', da 5ª temporada, exibido em 1993, e toca 'Happy birthday' para o dono da usina.


Ringo Starr


O baterista foi o primeiro integrante dos Beatles aparecer na animação. Em 'Capricha no retrato, da segunda temporada, exibido em 1991, Ringo é a estrela de vários desenhos antigos feitos por Marge .


George Harrison


O antigo guitarrista dos Beatles,  foi o convidado de 'O quarteto de Homer'. No episódio, Homer relembra a época em que tinha um grupo vocal. O músico David Crosby também aparece como ele mesmo.


Paul McCartney


O baixista da banda londrina, participa do episódio 'Lisa, a vegetariana', da 7º temporada, o ex-beatle Paul McCartney, conhecido pelo vegetarianismo, é convocado a explicar para Lisa por que os carnívoros também são dignos de respeito.


A rainha


No episódio 'Os monólogos da rainha', da 15ª temporada, a rainha e o então primeiro-ministro britânico, Tony Blair são retratados durante uma viagem dos Simpsons para a Inglaterra. A escritora J.K. Rowling ('Harry Potter) também aparece, assim como o ator Ian McKellen ('X-Men').


Entre a polêmicas o desenho já gosta de pegar no 'pé' do Brasil,  retratando o país cheio de ratos, ladrões, sequestradores e macacos, a série faz duras críticas ao Rio de Janeiro, e ainda fez uma previsão da derrota da seleção brasileira na  Copa do Mundo.


Rio de Janeiro


Em episódio de 2002, o Rio de Janeiro é mostrado como uma cidade cheia de ratos, ladrões, sequestradores e macacos. A polícia era retratada como preguiçosa e os homens como bissexuais. O produtor James Brooks pediu desculpas após ameaça de processo pela secretaria de turismo da cidade.


Neymar  e Copa do Mundo


O desenho fez uma previsão sobre a lesão de Neymar na Copa do Mundo. Homer vira juiz e El Divo, uma versão de Neymar, se joga na área, simulando um pênalti. Homer, que quase foi comprado para dar a vitória ao Brasil, não apita e o jogador sai na maca. No episódio de março de 2014, o Brasil perdia para a Alemanha por 2 a 0, na final.


Brasil, de novo


A dublagem em português de um episódio de 2007 escondeu mais uma crítica ao Brasil. Quando os Simpsons chegam à Baía de Barnacle, nos EUA, Lisa diz que o lugar é o que pior que já foi. Na versão para o Brasil, Bart só diz: "Tem certeza?". Na verdade, a pergunta era: "Não achou o Brasil pior?". E a resposta era  "Ok, pior depois do Brasil".