Música

Compositor de Martinho da Vila processa Adele por plágio

Toninho Geraes, compositor de 'Mulheres', entrou na Justiça por 'Million Years Ago'

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Adele é acusada de plágio pelo compositor mineiro Toninho Geraes, que compôs a música "Mulheres", cantada por Martinho da Vila. De acordo com o artista, a diva pop plagiou a faixa em em 'Million Years Ago', parte do álbum '25'. 

As semalhanças já haviam chamado atenção nas redes sociais. À Veja, o compositor afirou que juntou as provas e entrou na Justiça. "Fiquei estarrecido quando me dei conta. A melodia e a harmonia são iguais. É uma cópia escancarada”, comentou.

Desde o lançamento, as faixas viralizaram pela semelhança. O compositor juntou provas e está processando a cantora por plágio. "Fiquei estarrecido quando me dei conta. A melodia e a harmonia são iguais. É uma cópia escancarada”, comentou o compositor em entrevista à Veja.

Duas notificações extrajudiciais foram enviadas à Adele e Greg Kurstin, outro compositor da faixa. A gravadora Recordings/Beggars Group e o grupo Sony Music estão cientes do processo. A acusação é de que eles "se apropriaram das primeiras notas de introdução, refrão e final”.

Segundo a Veja, o compositor contabilizou 88 compassos com cópia, o que soma 3 minutos e 3 segundos da faixa, equivalente a 87% da música.

Segundo o advogado de Toninho, a ideia era tentar um acordo, mas "diante do silêncio", eles recorreram à Justiça.