TV

Edyelle Brandão: conheça a única baiana na semifinal do The Voice Brasil

Nascida e criada em Valença, baixo sul da Bahia, a jovem de apenas 21 anos tem encantado a todos com seu vozeirão

Lucas Sales* (lucas.sales@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Todas as atenções nesta terça-feira (1º) estão voltadas para a única representante da Bahia no The Voice Brasil: Edyelle Brandão. Ela enfrenta a adversária Ana Ruth, para conquistar a vaga de finalista pelo time IZA. Nascida e criada em Valença, baixo sul da Bahia, a jovem de apenas 21 anos tem encantado a todos com seu vozeirão.

Foto: Reprodução  |  Gshow
Edyelle iniciou sua carreira história na música ainda pequena, com 4 anos de idade, e desde então nunca mais parou. "Me encontro na música desde sempre, a minha influência vem deu uma educação musical familiar que começa pela minha avó, que era regente de igreja, além de minhas tias e meus pais", disse.

Trajetória no programa
Antes de finalmente chegar nas 'Audições às Cegas' da temporada 2019 do programa, Edyelle levou dois nãos, por dois anos consecutivos - 2016 e 2017.

"Eu nunca desacreditei do meu talento, mesmo com todas as dificuldades. Sou preta, pobre, periférica e todas essas condições pesam. Mesmo com todos esses quesitos eu não desacreditei de mim. A arte nos leva para lugares que a gente nem imagina. Eu assistia ao programa e via possibilidade. Me olhava e dizia: 'eu tenho condições de fazer isso'. Meu talento pode me levar até lá", contou a baiana.
Foto: Reprodução | Gshow
E não é que Edyelle estava certa de acreditar em seu potencial? Com "Who's Loving You', dos Jackson 5, ela virou as cadeiras dos quatro técnicos, escolheu fazer parte do time da cantora IZA, passou pela fase das 'Batalhas', venceu uma duríssima 'Rodada de Fogo', foi escolhida por sua técnica nos 'Shows Ao Vivo' e se encontra hoje nas semifinais da competição.



Ela, inclusive, rasgou elogios para a sua mentora: "ter a IZA como técnica é incrível. Tudo o que compõe a IZA enquanto pessoa, enquanto persona, enquanto técnica, ela é maravilhosa. Ela é tudo aquilo que vemos na TV. Gente como a gente".

Repercussão

E não é apenas no programa que Edyelle tem feito sucesso. Com quase 50 mil seguidores em seu perfil no Instagram, a baiana também destacou a loucura que é sair nas ruas após sua aparição no reality show musical. "Nossa, sair nas ruas é uma coisa louca. É uma delícia ver todo o carinho, a receptividade, assim como nas redes sociais. Lidar com fãs é a coisa mais divertida do mundo".



E se não der certo?

Com os pés no chão e com muita tranquilidade, a baiana revelou que já planeja sua vida pós-reality: "Tem o plano A e B. O A é que se eu vencer fico sob responsabilidade da Som livre. Já o B, a gente se articula com projetos autorais para irmos lançando, até porque, o trabalho não pode parar".

A semifinal do The Voice Brasil vai ao ar às 22h27, nesta terça após 'A Dona do Pedaço'. Para votar e fazer a baiana ser finalista do programa basta se cadastrar no GSHOW, clicar na imagem da participante e votar quantas vezes quiser.

*Sob supervisão da repórter Isadora Sodré