Teatro

Aos 25 anos, Carlinhos Maia revela curiosidades do cotidiano e fala sobre sucesso

Alagoano tem mais de 5 milhões de seguidores no Instagram e vai se apresentar em Salvador sexta (06)

David Silva e Carolina Dourado* (david.silva@redebahia.com.br carolina.dourado@redebahia.com.br)
- Atualizada em

De volta a Salvador para a apresentação da peça "Mas, Carlos!", nesta sexta-feira (6), às 18h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, o humorista Carlinhos Maia atendeu o iBahia e respondeu tudo aquilo que muitos fãs gostariam de saber. O papo, leve e descontraído, rendeu uma boa história. 

Vizinhança de Carlinhos, em Penedo
Foi de postagem em postagem que Carlinhos Maia, no auge dos seus 25 anos, ganhou visibilidade e transformou os vizinhos de uma pequena vila em Penedo, Alagoas, em personagens famosos. Vampirão, Reinaldo, Figurante, Branca, a pequena Brenda Isadora... Nem o seu bichinho de estimação, o gato Bolinho de Noiva, escapou do sucesso. E se tem uma coisa que ele não esquece é deles, protagonistas das suas histórias divertidas e, por vezes, emocionantes.
Seu Virgilio, Carlinhos e a sua mãe, Dona Maria
Com mais de 5 milhões de seguidores no seu Instagram e 4 milhões e 700 mil em sua fanpage do Facebook, ele afirma que tudo começou há pouco mais de um ano, por incentivo de amigos. "Você não imagina que tanta gente curte o que você faz até subir no palco e ver que todo mundo está lá. Você grava as coisas em casa e pensa 'que sem graça', mas quando vê, muita gente compartilha e dá risada", revela. Volta e meia é possível ver em seus stories prints de pessoas que comentam como ele alegrou o dia apenas com as brincadeiras. "É muito bom saber que consigo esse efeito. É o mínimo que posso fazer por todo esse carinho que recebo", afirma.

Sobre o pessoal da vila, Carlinhos deixa bem claro que convive com eles desde pequeno: "Sempre fui muito brincalhão e conheço o pessoal desde garoto, sempre vivia nas casas, aprontando. Esse laço já existe há muito tempo". O carinho é visível a cada stories, e até mesmo Madalena, a vizinha "olho-gordo", recebe o seu afeto: todos os dias, ao acordar, ele encosta no muro que liga a sua casa à dela e pede uma xícara de café, um ato de paz entre os dois.

Carlinhos e o carinho pela mãe, Dona Maria, querida entre os fãs
O último stories postado foi no quintal da sua casa, um dos muito cenários onde grava. Pertencente a Dona Maria, sua mãe, o terreno é fértil para a criação de morangos, dos quais ela tem muito orgulho. "Quem já viu pobre plantar morango, mamãe?", diz Carlinhos em um dos seus vídeos. Por falar em pobreza, ele faz uma vistoria na vizinhança para saber se alguém melhorou de vida e, junto com o seu assessor Paulo (que já é formado!), confisca alguns itens da alta classe.

É muito provável que os fãs já tenham se perguntado o que ele mais recebe no inbox. Fotos do cotidiano das pessoas? Que nada! "Recebo muita coisa, mas o que mais chega é nude. As pessoas acham que estão no Instagram do Alexandre Frota". Em meio a risos, ele garante que gosta da relação de amizade com o público. "Transmito verdade através das minhas brincadeiras", complementa.

O humorista afirma que recebe muitos nudes no seu direct do Instagram
Além das maravilhas que a profissão trouxe, como a possibilidade de realizar sonhos seus e dos vizinhos, troca de histórias e experiências de vida, existe também a parte negativa de tanta exposição. Sobre decepção no seu trabalho, ele afirma que o que mais magoa é quando justificam ofensas atrás do argumento de que são "críticas construtivas". Contudo, o poder dos seus fãs dá ânimo para ele seguir em frente. "Me encho de Deus e dou muito mais valor aos textos de agradecimento que recebo, daqueles que realmente importam", diz.

Mesmo com toda a transparência que passa nas gravações, questionamos se há algum tipo de policiamento na hora de expressar opinião e ele se explicou: "Eu diria que me policio 15% antes de dizer qualquer coisa, mas sempre passo sinceridade. Se as pessoas não concordarem, paciência, não quero deixar de ser sincero com o meu público".

A peça "Mas, Carlos!", na qual é protagonista, acontece nesta sexta-feira (6), às 18h, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves. Os ingressos custam R$ 50 (meia) e R$ 100 (inteira) e podem ser adquiridos nos SACs dos Shoppings Bela Vista e Barra, bilheteria do TCA e pelo site Ingresso Rápido.

*Matéria supervisionada pelo repórter Guinho Santos