TV

Entenda porque o Brasil, depois do Covid-19, só fala de Prior x Manu

Paredão desta terça-feira (31) promete fortes emoções e já bateu recorde da edição

Guinho Santos (guinho.santos@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Se você entrou em qualquer rede social nos últimos dois dias, sem dúvidas, viu algum post falando sobre o Paredão desta terça-feira (31). Formado por Felipe Prior, Manu Gavassi e Mari Gonzalez, a disputa já bateu o recorde de votação da edição, somando 550 milhões até a noite da segunda-feira (30), conforme anunciado por Tiago Leifert. Mas, além do Coronavírus, o que levou o brasileiro a falar tanto de Manu x Prior nas últimas 48h?

A surpresa para este duelo começou ainda no domingo (29), quando o Paredão foi formado: Mari por ter perdido a Prova do Líder, Prior indicado pela Líder Gizelly e, em contragolpe, levou Manu com ele para a berlinda. Foi ai que a torcida do arquiteto tratou de trazer à tona um segredo, digamos, um tanto quanto antigo da cantora.

Em um post de 2010, Manu afirmou não gostar de futebol. "Pensa numa pessoa que odeia futebol. Sou eu", escreveu na época. Pronto. Isso foi o suficiente para os amantes dos gramados saírem contra a influencer. Jogadores chegaram a dizer que vão sortear suas camisas dos clubes, caso Manu deixe o programa. Um deles foi Gabigol, do Flamengo, que afirmou estar ao lado de Prior. 

Tal atitude fez, então, com que a torcida de Manu se revoltasse com o atleta. Os fãs revidaram e também desenterraram posts antigos dele, alegando que continham conteúdos racistas. "Chego o macaco do #Willians04" e "que banana macaco", foram algumas das mensagens publicadas no microblog de Gabigol em 2011 e 2010. Os internautas ainda conseguiram emplacar a hastag #GabigolRacista entre os assuntos mais comentados do Twitter. "Quem cava a cova pro inimigo, cai nela!", escreveu um fã de Manu. 

Mas que a torcida de Prior ganhou um reforço de peso: Neymar. O jogador entrou no clima do 'BBB 20' e até postou vídeo fazendo a coreografia de uma música em homenagem ao brother, marcando os amigos para repetir o feito, entre eles Gabriel Medina. 

Richarlison Andrade, do Everton, na Inglaterra, e Fabio da Silva, do Nantes, foram outros jogadores que mostraram que estão do lado de Felipe na competição. 

Enquanto isso, a influencer é apoiada por artistas como Marina Ruy Barbosa, Bruno Gagliasso, Valesca Popozuda, Larissa Manoela e, claro, Bruna Marquezine, uma das melhores amigas dela. A atriz, por sinal, se mostrou surpresa com a dimensão que tudo se tomou. A internet, por sua vez, aproveitou a situação para iniciar uma nova disputa: Bruna x Neymar, quem leva a melhor?

O atleta, após a repercussão de seus posts, voltou atrás e decidiu também apoiar a amiga de sua ex, além do arquiteto: "Fica Prior e Fica Manu... Depois do movimento, os dois têm que ir até a final (risos). Fogo no Parquinho". Ele também chegou a responder uma seguidora que o questionou se ele estaria 'provocando Bruna'. "Jamais, abençoada! Meu carinho e sentimento por Bruna jamais irá mudar por causa do 'BBB'", respondeu.

Como mais uma 'sacada de mestre' e, claramente aguardando que os comentários sobre futebol seriam revelados em algum momento, Manu deixou gravado dois vídeos antes de entrar no confinamento. Nas imagens, ela canta os hinos de Flamengo e Corinthians. "Meu pai descobriu meus dons musicais quando tinha 10 anos e fazia análise de hinos de futebol. Como ainda dizem que fadas odeiam futebol? Pai, esse eu fiz pra você", disse no post.

Quem está levando a melhor nesta disputa é Mari, que vai passar ilesa do Paredão nesta noite. Segundo as enquetes que estão rolando na internet, a baiana deve ser a menos votada, já que o embate não está relacionado à ela. Aqui fora, o marido da ex-panicat, o ex-BBB Jonas, disse que, neste momento, prefere estar ao lado da torcida de Prior. Segundo ele, Manu seria uma ameaça para Mari nas próximas semanas. "Estou longe de ser a favor das atitudes do Prior, mas o que a Manu está fazendo com a Mari é feio. Se ela ficar, elas vão com tudo para cima da Mari", alegou ele.