Música

'Estou proibido de falar música do Carnaval', revela Márcio Vitor

O grupo Psirico se apresenta na Área Verde do Othon neste sábado (02) e também no dia 17 de fevereiro, a partir das 16h

Priscila Morais* (priscila.morais@redebahia.com.br)
- Atualizada em

'Vou te pegar, vou te morder, vou te pegar, vou te morder, vou te pegar, vou te morder; o Rei Leão vai pegar você'. Se tem música chiclete, pode ter certeza que Márcio Vitor, da banda Psirico, está na no comando. Na manhã desta terça-feira (29), o pagodeiro participou do Fuzuê, da Bahia FM e falou sobre o ensaio de verão, música nova e novidades do Carnaval.

Foto: Reprodução | Instagram
O grupo se apresenta na Área Verde do Othon neste sábado (02) e também no dia 17 de fevereiro, a partir das 16h. No primeiro dia, além do show do anfitrião, terá também apresentação de MC Kekéu e participação Jau. "Já é pra sair da festa do Rio Vermelho e ir direto pra lá. A gente vai poder matar a saudade e dançar muito", disse o cantor. 

O novo hit de trabalho do Psi, 'Rei Leão', foi lançada há três semanas nas plataformas digitais e Márcio explicou que acabou quebrando os paradigmas de que as canções precisam ser lançadas com uma certa antecedência: "a música foi me entregue aos 45 do segundo tempo. É uma composição de Felipe Escandurras e a primeira vez que eu cantei no show, a galera já foi no balanço e cantando junto, de arrepiar. Isso de lançar uma música em abril, em setembro ou dezembro, não cabe mais. Você pode lançar um dia antes do Carnaval, se o público abraçar, já era". 



Quem conhece e acompanha Márcio sabe muito bem de sua marca quando apresenta uma nova canção. O famoso bordão 'música do Carnaval' já é tradição na voz do pagodeiro e seu fiel megafone. Porém, parece que neste ano o artista não vai poder divulgar o seu trabalho desta maneira. "Eu fui proibido de falar isso. Eu vou pagar multa se eu falar, mas se o povo quiser, tenho que falar. O pessoal fica me apertando. Eu quero que a Bahia sempre ganhe. Se o Psirico não levar o prêmio, eu sempre torço para um amigo da Bahia ganhar. Quando a gente perde, damos espaço para outro colega", afirmou. 

Na maior festa do planeta, os fãs vão poder ir atrás do trio do Psi na sexta de Carnaval, no circuito Barra-Ondina com o tradicional arrastão. No domingo, a banda vai estar no Campo Grande com apresentação gratuita, sem cordas e, na segunda-feira, o bloco Muquiranas desfila na Avenida com o tema 'Cabaré'. 

"Eu amei tocar sem cordas. Dá pra ir todo mundo, se divertir junto, é muito bom. E nas Muquiranas, eu vou usar cropped, meia arrastão, cílios e unhas postiças. Esse ano eu vou 'bagaçar'. São 13 anos de bloco e a gente ama participar", revelou.

Serviço
O quê: Ensaio do Psirico
Onde: Área Verde do Othon
Quando: 02 e 17 de fevereiro
Horário: 16h
Ingressos: R$40 (pista); R$80 (camarote)
Vendas: Sympla

* Sob supervisão do repórter Guinho Santos.