Teatro

Felipe Neto apresenta espetáculo interativo e improvisado na Concha

Youtuber com mais de 16 milhões de seguidores se apresenta neste sábado (9) e diz que adora Salvador

Vanessa Brunt, do Correio 24 Horas (vanessa.brunt@redebahia.com.br)
Ele hoje é colorido. Na cabeça, no respeito, na mudança. Na real, a regra é a seguinte: a cada um milhão de inscritos, uma nova cor de cabelo. É isso que o youtuber Felipe Neto, 29, segue desde o final de 2016, quando repaginou o seu canal do YouTube. De lá para cá, Neto conquistou 10 milhões de inscritos a mais na plataforma. 
Hoje, com mais de 16 milhões de seguidores somente no canal, o youtuber que mais tem visualizações mensais no país (em torno de 200 milhões por mês), chega a Salvador com a sua nova peça, intitulada Megafest. A produção, que está em turnê pelo Brasil, traz Felipe, então com os fios roxos, apresentando quadros do próprio canal, como se estivesse em gravações ao vivo, porém com um detalhe a mais: a participação da plateia.
A apresentação será realizada neste sábado (9), às 19h, na Concha Acústica do TCA. “O mais legal da Megafest é que nem mesmo eu sei o que esperar, cada apresentação é totalmente diferente da outra”, conta Neto.

Felipe não esconde a empolgação de encontrar com os seguidores soteropolitanos e afirma que existe um diferencial no público da Bahia. “O calor é um grande diferencial dos baianos. E não me refiro à temperatura não, mas sim ao amor e dedicação dos fãs. Salvador tem um quê diferente, um grito a mais, um abraço mais forte. Não sei explicar direito, acho que deve ter a ver com os temperos da culinária da Bahia, que eu tanto amo!”, exclamou o astro com risos e sorrisos para o CORREIO.
Um dos pioneiros dos canais nacionais de YouTube, o rapaz, que veio do Engenho de Dentro (RJ) e que fez cursos de teatro, começou a postar vídeos em 2010, com críticas a atitudes de artistas da época e da própria geração, geralmente com tom cômico e agressivo. Rapidamente, o canal começou a ganhar notoriedade na mídia, sendo o primeiro a conquistar 1 milhão de assinantes no país. Os vídeos causaram grande repercussão e opiniões divergentes.
Aos poucos, a atualização do produto, na época chamado de Não Faz Sentido [relembre alguns dos vídeos antigos clicando aqui], foi diminuindo. Felipe então, criou o canal Parafernalha, que unia esquetes críticos; depois de vender o negócio, foi parar na televisão e, após, nos palcos, com o espetáculo Minha Vida Não Faz Sentido, que foi lançado exclusivamente para a Netflix Brasil. Em 2015, o astro anunciou o retorno do projeto inicial, mas a volta foi provisória. Ele estava, na verdade, buscando uma nova forma de produzir e de, prioritariamente, mostrar a própria identidade.
“O Não Faz Sentido realmente deixou de fazer sentido para mim. Acertei e errei muito com ele, mas dei meu nome e meu rosto para um personagem e as pessoas, até por não terem outros meios de me conhecer, acreditavam que aquele era eu. Ou seja, um reclamão que levava tudo ao extremo e, por vezes, com preconceitos que não eram meus e, outros, que tirei de mim. Definitivamente não sou assim e, pelos números, acredito que as pessoas estão gostando de me conhecer de verdade”, pondera Felipe.
Papo sério
Atualmente, os vídeos são mais longos e diários, sem medo de “mostrar a própria cara”. Com quadros mais cômicos, Neto acabou por ampliar o seu público, atraindo também uma grande gama infantil. Sem os palavrões, sem óculos escuros e sem a revolta antiga, muitos podem pensar que a veia crítica dele se esvaiu. Ledo engano. No meio dos vídeos habituais, o youtuber trata de temáticas mais sérias, seja sobre questões políticas ou sobre a quebra de padrões sociais. Vídeos específicos sobre esses assuntos são, por vezes, também postados separadamente, como foi o caso do Manifestação nos EUA e o Fracasso do Brasil e do Social Media Fake.
“Percebo a importância de abordar certos assuntos, principalmente para que o público jovem possa compreender determinadas coisas, não as vendo como ‘chatas’, mas sim como fundamentais para que possam ter um senso crítico, por isso, inclusive, incentivo sempre que façam mais e mais pesquisas. Um dos vídeos que mais tenho orgulho é o da Baleia Azul”, exclama.
Quando questionado sobre novos projetos, Felipe apenas sinalizou a palavra “cinema!”. Nos deixou na curiosidade, mas uma coisa tem ficado clara: com a tentativa de produzir cada vez menos preconceitos, a ideia do cabelo veio, principalmente, como mote para quebrar críticas que fez no passado, como é o caso da que foi feita para a banda ‘colorida’ Restart em um vídeo do Não Faz Sentido. Felipe se tornou muita coisa que criticou, mas, pelo visto, essa é a intenção. A frase de Sócrates “Mudei para continuar o mesmo”, parece falar muito de Neto que, agora, não tem receio da arte do improviso, contanto que, na arte da evolução, faça sim, sentido.
Serviço
Quando: sábado (9)
Horário: 19h
Onde: Concha Acústica do Teatro Castro Alves (Campo Grande)
Vendas: Bilheteria do Teatro Castro Alves e através do site Ingresso Rápido
Valor do ingresso: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)