Música

Festival Sangue Novo promove prévia nos dias 18 e 19 de julho

Oficinas e discussões sobre cena musical e produção artística compõem a programação gratuita

Redação iBahia
- Atualizada em

Sangue Novo na Caixa Cultural é o nome da prévia do festival de música, que terá a sua terceira edição ainda em 2018 e promove um aquecimento, promovendo trocas de experiências com artistas, músicos e produtores culturais, no espaço da CAIXA Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes).

ILLY é uma das convidadas do dia 18 / Foto: Divulgação
Nos dias 18 e 19 de julho, oficinas e rodas de conversa serão promovidas gratuitamente e abertas ao público, reunindo nomes como as cantoras Lívia Mattos e ILLY, os músicos Rafa Dias, Felipe Catto e Teago Oliveira e o empresário André Bourgeois. Com idealização e curadoria do jornalista e crítico musical Hagamenon Brito, o Sangue Novo é realizado pela Maré Produções Culturais e Rede Bahia e patrocínio da CAIXA e do Governo Federal.

Gratuitamente e com 20 vagas disponíveis para o público, no dia 18 de julho, às 13h, acontece a oficina Produção Musical e Home Studio, com o produtor musical Rafa Dias, idealizador do grupo Attooxxa, um dos nomes mais pulsantes da música produzida na Bahia na atualidade. Voltada para músicos profissionais e amadores, a oficina vai compartilhar o processo de concepção artística das músicas até o produto final, passando pelas etapas de gravação e mixagem e compartilhamento dos instrumentos e softwares utilizados no processo.

Teago, vocalista da Maglore / Foto: Reprodução / Instagram
No dia seguinte, 19 de julho, será a vez de conhecer a experiência de André Bourgeois, empresário e advogado formado em direito pela Universidade de Genebra, que lançou e promoveu com a Urban Jungle, no Brasil e no mundo desde 2005, artistas da nova cena independente brasileira, totalizando 34 álbuns lançados (7 indicações aos Latin Grammys e Grammys e vencedores de 2 Latin Grammys).

O empresário promoverá o minicurso Mercado internacional: Como desenvolver sua carreira no exterior e entrar no circuito internacional de shows. Na oportunidade, Bourgeois apresentará os diversos mercados internacionais da música e as novas estratégias para artistas, empresários e produtores desenvolverem uma carreira no exterior em 2018. Ambas oficinas são gratuitas e acontecerão das 13h às 17h, oferecendo 20 vagas para pessoas interessadas e a inscrição é realizada no local, 30 minutos antes o início da atividade.

O jornalista Hagamenon Brito é curador do Festival / Foto: Divulgação
Bate Papo – O curador do Festival, o jornalista e crítico musical Hagamenon Brito irá mediar dois encontros que versarão sobre a cena da música baiana e brasileira na atualidade. No dia 18 de julho, das 17h às 18h, a conversa vai girar em torno do tema 'O que é que a baiana quer na MPB do século 21?', convidando as cantoras Livia Mattos e ILLY. No dia 19 de julho, será a vez dos músicos Teago Oliveira, da Maglore e Filipe Catto trocarem experiências sobre 'A nova geração pop brasileira e a dificuldade do mainstream em se renovar'. Ambos os encontros têm acesso gratuito, com 80 vagas disponíveis para o público e a duração de 1h de realização e serão realizados no Salão Nobre da CAIXA Cultural Salvador.

Conheça mais sobre os nomes da prévia Sangue Novo

Hagamenon Brito: Editor e crítico musical do jornal CORREIO, é graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), colaborou com as publicações A Tarde, Veja Salvador, revista Bizz e Showbiz (SP), Palavra (MG) e Jornal do Brasil (RJ); tem artigos publicados na revista Latin American Music Review (Universidade do Texas/ EUA) e no Dicionário Cravo Albin de MPB; e produz e apresenta o programa Sangue Novo, na Globo FM, de Salvador. Como jurado, já integrou comissões nacionais de programas culturais da Petrobrás e da Natura. Como crítico musical, criou, em 1987, um rótulo que balizou uma cena e um gênero musical: o axé music. Em 2015, publicou o e-book: E isso é apenas pulp fiction, homeboy”, coletânea de crônicas literárias publicadas no CORREIO.

André Bourgeois: Atua na gestão de carreiras artísticas e venda de shows, totalizando até hoje mais de 600 shows produzidos no mercado internacional. De 2008 a 2012, a Urban Jungle lançou em parceira com a operadora Oi artistas internacionais no Brasil, envolvendo o mercado de telefonia móvel. Entre eles, Sharon Jones, Charles Bradley, Cake e General Elektriks. Atualmente, gerencia as carreiras nacionais e internacionais dos artistas Céu, Chico César, Bixiga 70, Muntchako, Roberta Sá  e O Novíssimo Edgar.

Filipe Catto: é um artista de palco. Desde o início de sua carreira, Catto se volta à criação de seus espetáculos com a visão de um artista completo, que compreende o ofício e o sagrado de se estar diante do público. Baseado no seu último disco de estúdio, CATTO, a nova turnê é intitulada “O nascimento de Vênus”, uma alusão à canção “Lua Deserta”.

ILLY: Nascida na Baixa do Bonfim em Salvador a cantora Illy é apontada como uma das promissoras apostas da MPB. Seu primeiro disco, "Voo longe", produzido por Kassin e Moreno Veloso vem colecionando ótimas críticas em diferentes veículos de várias partes do país. O som de Illy vai do samba ao jazz, da salsa à bossa, do ijexá ao rock e traz influências de Gal Costa, Elis Regina, Djavan, Gilberto Gil e Novos Baianos.

Lívia Mattos: é acordeonista e se intitula uma “cantautora”. Com o seu trabalho musical, apresentou-se em festivais pelo mundo como “Accordions Around the World”, em Nova Iorque;  no “Akkorden Festival Wien”, em Viena; "Sommerwerft Festival" , em Frankfurt; dentro outros  festivais Brasil afora. Em 2017, lançou o seu álbum autoral “Vinha da ida”, pelo Natura Musical - além de participar do programa OneBeat 2017, em residência e turnê pelos Estados Unidos. Como instrumentista, integra a banda de Chico César; já foi solista convidada da Orquestra Sinfônica da Bahia; e colabora com trabalhos de Badi Assad, Rosa Passos, Ceumar, Alessandra Leão, Gero Camilo, etc.

Rafa Dias: Rafa Dias produtor e idealizador da banda Attooxxa, grupo contemporâneo de músicos, artistas, MCs e produtores criativos da Bahia.

Teago Oliveira: é compositor, cantor, guitarrista e produtor musical. O músico baiano formou a banda Maglore em 2009 e hoje o grupo figura entre os mais importantes artistas de mpb/indie/rock do país, com quatro discos compostos majoritariamente pelo compositor, e que foram, os quatro, elencados como melhores do ano pela crítica especializada (Revista Rolling Stone, UOL, MTV, Folha de São Paulo, O Globo, etc.).

Sangue Novo Prévias na Caixa Cultural

Oficinas

Produção Musical e Home Studio, com o produtor musical Ralfa Dias, da banda Attooxxa.
Dia 18 de julho, das 13h às 17h.

20 Vagas
04 horas carga horário
Inscrições: realizadas 30 min antes da oficina, por ordem de chegada.

Mercado internacional: Como desenvolver sua carreira no exterior e entrar no circuito internacional de shows, com o empresário André Bourgeois
Dia 19 de julho, das 13h às 17h
Inscrições: realizadas 30 min antes da oficina, por ordem de chegada.

Bate Papo

O que é que a baiana quer na MPB do século 21?, com Livia Mattos + ILLY e mediação de Hagamenon Brito
Dia 18/07, às 17h
80 vagas disponíveis

A nova geração pop brasileira e a dificuldade do mainstream em se renovar, com com Teago Oliveira (Maglore) e Filipe Catto e mediação de Hagamenon Brito.
Dia 19/07, às 17h
80 vagas disponíveis

Todas as atividades acontecerão na CAIXA Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes)