TV

Filha de Mara, do ‘BBB 18’, fala do lado estrategista da mãe: ‘Leu o jogo muito bem’

Sem saber como o público vai reagir, Ana Luiza espera que o estilo de jogadora da mãe seja interpretado como algo positivo

Agência O Globo
- Atualizada em

No “Big Brother Brasil”, Mara não esconde o seu lado estrategista e não deixa de pensar nos próximos passos do jogo por um minuto. Fala de votos abertamente, elege participantes entre fracos e fortes, e para Ana Luiza, sua filha, ela está eufórica em participar do jogo e tem sido muito transparente.

Foto: Divulgação

— Por ser cientista política, ela estuda estratégia, assistiu aos programas anteriores, então ela fica muito eufórica em participar de um jogo como esse. Eu acho que é melhor ela falar abertamente, como tem feito, do que manipular os outros — diz Ana Luiza.

Na madrugada de quinta para sexta, Lucas sinalizou que votaria em Mara. Mahmoud, o líder da semana, também deu a entender que poderia dar seu voto a ela. Com cada vez mais chances de ir ao paredão neste domingo, Ana Luiza acredita que a forma como a mãe lê o jogo é que influencia na decisão dos competidores.

— Eu a acho inteligentíssima e chegou mesmo como uma analista. Ela leu o jogo e as pessoas muito corretamente e eles perceberam que ela está disposta a não ser bobinha, ou planta dentro da casa. Eles querem tirá-la não pela convivência, mas por estratégia. Mas tudo pode acontecer.

Sem saber como o público vai reagir, Ana Luiza espera que o estilo de jogadora da mãe seja interpretado como algo positivo para o “BBB”.

— Espero que o público entenda como alegria por estar participando. Sei que pode dividir a opinião, mas ela está jogando aberto, não está se fazendo de vítima, dizendo que está sendo perseguida. Ela se posiciona. E minha mãe, se não for para fazer confusão, ela nem sai de casa.