Cinema

Filme brasileiro 'Aquarius', com Sônia Braga, concorre no Festival de Cannes

Após 35 anos, a atriz está de volta ao festival, na França

Agência O Globo

Após 35 anos, a atriz Sonia Braga está de volta ao festival de Cannes, na França. Dessa vez, para representar o filme “Aquarius”, dirigido por Kleber Mendonça Filho, e que vai disputar a Palma de Ouro, entre 11 e 22 de maio. No longa protagonizado pela atriz, ela é Clara, uma escritora e jornalista aposentada, viúva, mãe de três filhos adultos.

Moradora do edifício Aquarius, o último de estilo antigo na beira mar do bairro de Boa Viagem, no Recife, ela vive num apartamento repleto de lembranças e terá que enfrentar as investidas de uma construtora que quer erguer um outro empreendimento no local. Esse é o fio condutor da história.

Foto: Victor Jucá/Divulgação

“Nossa! Estou superfeliz de estar de volta a croisette com “Aquarius”, vivendo uma personagem que qualquer atriz se sentiria honrada em fazer. Uma pérola, um tesouro! Kleber me devolvendo a alegria de pertencer à língua portuguesa. A primeira vez que fui a Cannes foi com o filme “Eu te amo”, de Arnaldo Jabor, selecionado para a Mostra Un certain Regard... e agora 35 anos depois… “Aquarius” na competição oficial! Estou com o coração apertado de tanta alegria. Brindaremos em Cannes essa amizade com Kleber e Emilie (a produtora), que começou em Nova York e seguiu por Recife”, celebrou a atriz, que mora nos Estados Unidos.

O diretor também comentou sobre a produção do filme.

“Rodamos 'Aquarius' em agosto e setembro do ano passado e a montagem começou logo depois. Foram seis meses de excelente trabalho com o montador Eduardo Serrano e o filme está na fase final de pós-produção. Poder estreá-lo em Cannes é um momento muito feliz desse processo, que teve início há três anos, com a primeira versão do roteiro, escrito por mim. Fico ainda mais feliz por toda a nossa equipe formada por gente de todo o Brasil e especialmente por artistas e técnicos pernambucanos. Fico feliz também por Sonia Braga. Quero que esse filme seja muito bom para essa artista maravilhosa e para a pessoa incrível que ela é. Antes, eu era apenas um fã, agora ganhei ainda uma amiga”, confessou o diretor Kleber Mendonça Filho.

“É bom pensar que “Aquarius” vai nascer em Cannes, um festival tão importante para qualquer profissional de cinema ou cinéfilo. Eu trabalho com cinema há mais de dez anos no Brasil e já exibimos filmes em outros festivais importantes na França, mas não há como negar que ter um filme em première mundial em Cannes é especial. Falo isso não só como cinéfila, mas também como francesa!”, comenta a produtora Emilie Lesclaux.

No elenco, ainda estão o pernambucano Irandhir Santos (O Som ao Redor), a brasiliense Maeve Jinkings (O Som ao Redor), os cariocas Carla Ribas (A Casa de Alice) e Humberto Carrão, Julia Bernat (Aspirantes) e o paraibano Fernando Teixeira (Baixio das Bestas). Barbara Colen, Zoraide Coleto, Pedro Queiroz, Daniel Porpino, Germano Melo, Buda Lira, Paula de Renor, Allan Souza Lima, Arly Arnaud, Lula Terra, Clarissa Pinheiro, Valdeci Junior, Rubens Santos, Mariquinha Santos, Léo Wainer, Fabio Leal e Bruno Goya completam o elenco.