Cinema

Filme 'Sobre Rodas' tem história bem narrada e diálogos inspiradores

Filme brasileiro está em cartaz no Cinema Glauber Rocha em Salvador

Agência, O Globo

Será pena se o complexo que despreza tantos filmes nacionais privar crianças e jovens de curtirem uma obra tão prazerosa como “Sobre rodas”. Sem marketing de tênis, mochilas ou grifes, o longa de estreia de Mauro D’Addio, também autor do roteiro, tem como maior atração uma história bem narrada, com vários dribles na previsibilidade, locações incomuns (estradas através do interior paulista), elenco afinado, ótima fotografia e trilha sonora na medida.

Como destaque, diálogos inspirados travados entre duas crianças encantadoras — ao vivo ou por zap : Cauã Martins, como Lucas, e Lara Boldorini (irresistível) como Laís, cada um com suas perdas — o primeiro do movimento das pernas, a segunda da figura paterna — e esperanças.



As aventuras começam com um jogo de futebol, engrenam com ameaça de drama, passam por um road movie nos moldes do antigo cinema iraniano, engatam no conto João e Maria até pousarem nos afetos latentes de dois adolescentes. Premiada em festivais internacionais, a produção não descobre a roda, mas aborda as transformações dos dois cúmplices com forte espontaneidade. Um belo efeito especial no cenário contemporâneo.