Música

Grammy Latino premia grandes nomes da música brasileira

Djavan, Martinho da Vila, Elza Soares, Paula Fernandes e Céu foram alguns nomes premiados na cerimônia, em Las Vegas

Correio 24 horas (redacao@correio24horas.com.br)

Dez artistas brasileiros conquistaram o Grammy Latino 2016 na noite de quinta-feira (17), em Las Vegas. Djavan, Martinho da Vila, Elza Soares, Paula Fernandes e Céu foram alguns nomes premiados no maior evento da música em espanhol e português. 


Djavan levou o Grammy de Melhor Canção em Língua Portuguesa, com a composição Vidas pra contar. O cantor também havia sido indicado para as categorias Gravação do Ano, Melhor Álbum do Ano e Melhor Cantor e Compositor.

(Foto: Reprodução)

Martinho Da Vila foi premiado na categoria Melhor Álbum de Samba/Pagode com o disco De bem com a vida, destinada apenas a artistas brasileiros.


Elza Soares conquistou o prêmio de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira junto com Almir Sater e Renato Teixeira, que receberam o Grammy de Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras. Paula Fernandes e Céu foram eleitas pelos melhores álbuns de música Sertaneja e Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa, respectivamente. 


Indicados na categoria de Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa, a banda de origem brasiliense Scalene conquistou o primeiro Grammy de sua carreira, com o álbum Éter. O cantor Anderson Freire foi premiado como Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa, pelo CD Deus Não Te Rejeita.


A 17ª edição do Grammy Latino também premiou o brasileiro Hamilton de Holanda, que venceu a categoria Melhor Álbum Instrumental pelo disco Samba de Chico, em homenagem a Chico Buarque.


Outros artistas brasileiros, entre eles Tiago Iorc, Sophia Abrahão, Michel Teló, Lucas Lucco e Leonardo foram indicados ao Grammy Latino 2016, mas não foram premiados. A cantora baiana Larissa Luz, que concorria  na categoria de Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa, também não conquistou o prêmio.

Correio24horas