Música

Ivete Sangalo fala de show após parto: 'vou voltar quente'

Cantora mandou um recado: "O show tem hora para começar mais não tem para acabar"

Osmar Marrom, do Correio 24h
Quatro meses depois do show no Reveillon em Salvador, quando parou para ter as gêmeas Helena e Marina, a cantora Ivete Sangalo está de volta à cena musical do jeito que ela gosta: comandando um trio elétrico saindo do Clube Espanhol até o Farol da Barra. Nessa entrevista  ao CORREIO, via email ao repórter Osmar Marrom Martins, Mainha fala sobre esse retorno, da expectativa em relação aos show, das novidades para o próximo DVD, os encontros com Gilberto Gil, e Luis Fossin  e mandou um recado: "O show tem hora para começar mais não tem para acabar".
O que os baianos podem esperar desse seu retorno aos palcos depois do nascimento das gêmeas Helena e Marina?
Os baianos podem esperar uma pessoa, uma artista morrendo de saudade, querendo voltar para matar a saudade do Carnaval. Essa ideia de fazer o trio elétrico foi uma coisa bem especial, porque, de alguma maneira vamos ter um Carnaval, eu vou voltar com uma quente e duas fervendo. Tô louca pra cantar No Groove, pra ver a massa dançando e vai ser um sonho pra mim. Não esperava voltar para os braços do meu público em Salvador, com um trio elétrico, num circuito que é muito significativo pra mim. Então vai ser uma delícia!
Foto: Reprodução/Facebook
Como vai ser o show deste domingo?
O show, como eu falei, vai ser muito especial pra mim, pra banda e pra o público. O tempo de show está estimado em duas horas, mas é aquela coisa...Então...O repertório vai ser bem forte, com os meus grandes sucessos de carreira...É uma festa que tem hora pra começar e não tem hora pra acabar.
Como foi para você, sempre tão ativa,  ficar longe dos shows e dos seus fãs, inclusive no Carnaval?
Na verdade, me pegou mais ficar afastada do Carnaval, porque eu continuei ativa, embora grávida, mas muito ativa. Mantive meu ritmo de vida normal, mas por indicação médica o Carnaval não seria adequado, haja visto que as meninas nasceram no sábado de Carnaval. Eu fiquei saudosa, mas ao mesmo tempo muito tranquila pela chegada das minhas duas filhinhas e sabendo que era um momento que o público tava torcendo por mim. Não foi uma ausência por um motivo ruim, foi uma ausência por um motivo muito especial, foi um misto de saudade, mas de alegria também.
A expectativa de sua volta é muito grande e todo o Brasil aguarda esse seu retorno justamente em Salvador num dos mais disputados circuitos do Carnaval. E o que é que você vai aprontar?
Pois então... a expectativa é muito minha! A possibilidade de voltar a cantar, depois da minha licença maternidade em Salvador, num trio elétrico...é um Carnaval meu e do meu público em Salvador. Já pensou que presente maravilhoso pra mim e pra minha terra? Aniversário de Salvador comemorado de uma maneira muito massa, porque eu vou ver com o coração de cheio amor! Não vai ser um show apenas, vai ser a comemoração do aniversário da minha cidade. Eu na minha cidade, com meu público cantando...Poxa! Indescritível!
Uma rápida olhada em sua agenda dá para perceber que você está cheia de compromissos. Tem a festa em Morro de São Paulo, o encontro com Gilberto Gil... Como você pretende conciliar a vida profissional com a vida de mãe de três filhos (Marcelo, Helena e Marina)?

A minha agenda em sido feita de maneira que não comprometa a minha maternidade e os meus compromissos de família. Embora eu tenha muitos compromissos, a grande maioria deles é em datas muito distintas e distantes e todo meu compromisso de publicidade tem sido feito em Salvador com uma comodidade, que desde já, agradeço a compreensão de todos os meus parceiros. Eu tenho saído muito pouco de Salvador e vou fazer shows muito pontuais, mas muito importantes para minha carreira. Vide o encontro com Gilberto Gil, que vai ser muito especial, o encontro com Fonsi, a festa de Morro de São Paulo, que virou um casamento muito carinhoso com os meninos da San Sebastian. E eu vou assim como todas as mulheres do Brasil, as mulheres guerreiras, eu vou conciliar a minha vida profissional com a vida pessoal. Isso é um talento que a mulher tem que é maravilhoso. 
Você sempre se posicionou como cantora de axé mesmo a cena musical estando no auge ou atravessando períodos difíceis. A Rede Globo está lançando uma nova novela focada num cantor de axé e rodada na Bahia. Você acredita que isso pode alavancar a cena?
Essa coisa do segmento que a gente escolhe pra fazer música isso é muito intimo, independe do movimento de mercado. É bem verdade que eu vivo disso, o meu sustento vem dos meus shows, mas eu acredito muito no potencial do artista somado a sua escolha. Não adianta nada você escolher um segmento no qual você não está feliz e tá simplesmente seguindo uma tendência de mercado. Eu acho que você tem que seguir o que tá pintando de novo, de sonoridade que possa somar ao seu trabalho. Qualquer crise que possa existir, nesse ou naquele segmento depende muito da maneira como o artista se relaciona com o que faz. Os meus shows são sempre muito especiais, porque eu me dedico, entro com toda força. Inevitavelmente uma novela rodada na Bahia faz com que as coisas da Bahia fiquem, ainda mais do que já são, em evidência. O que é muito positivo para a música, para o turismo, para tudo que envolve a Bahia. Mas a Bahia tem uma força e uma personalidade que jamais será destruída ou esquecida pelo povo.
Foto:Reprodução/TV Globo
Como está sua rotina?
A minha rotina é o seguinte: é da hora que acorda até a hora que dorme, quando dorme muito (risos), tem sido maravilhosa. Elas mamam, elas são muito sossegadinhas, eu dou banho, eu dou peito, eu coloco pra dormir, troco a fralda, óbvio com a ajuda da turma aqui boa, gente que ama também. E tem sido massa, elas são muito tranquilas, dão pouquíssimo trabalho. Aliás não dão nenhum trabalho. 
Em dezembro você grava um novo DVD em São Paulo. Como está a escolha do repertório? Vai ter convidados?
Gravo o DVD em São Paulo, no Allianz Parque, no dia 08/12/2018 e o repertório já estou montando. O repertório vai ter muita música autoral, tô fazendo algumas músicas com alguns parceiros. Vou ter muito convidado sim, mas tudo isso é surprise.
2019 marca sua volta ao Carnaval de Salvador. O que você está preparando para esse reencontro com seus fiéis seguidores?
Como eu falei, será um encontro assim inesquecível. Eu acho que vai ser memorável, em virtude da minha ausência no Carnaval e da minha ausência desde o Réveillon. Quer dizer, eu parei em 31 de dezembro e estamos em abril. São, praticamente, 4 meses longe dos palcos e vai ser emocionante. Eu tô muito feliz de poder presentear a cidade. Poder encontrar com meus queridos Zamuris!