Música

Kevi Jonny fala sobre carreira, inspirações e relação com outros artistas

Lívia Oliveira

Sem a correria dos shows, Kevi Jonny tem aproveitado para deixar a criatividade rolar solta e investir na criação de novos singles. Recentemente, o cantor lançou "Dane-se" e "Restart", em parceria com Flávio José. 

"Antes da pandemia, com a correria dos shows, não dava para criar tanto, com tanta constância. Agora, eu tenho passeado um pouco entre alguns ritmos e estilos musicais. 'Dane-se' e 'Restart', são exemplos disso, são músicas bem distintas do que eu já canto", detalha. 

O iBahia conversou com Kevi Jonny sobre carreira, parcerias e a relação com amigos famosos, como a blogueira Sthefane Matos. Confira a entrevista: 

Foto: reprodução / Instagram

1- Desde "Quando Seu Namorado For Eu", é um sucesso atrás do outro e várias parcerias musicais, você imaginava que sua carreira tomaria toda essa proporção em tão pouco tempo? 

Kevi: A gente sempre almeja fazer sucesso, acertar outra música. "Quando Seu Namorado For Eu" foi uma composição que veio de mim, Tierry e Cristian Bell. No dia, a gente tinha combinado de fazer três ou quatro músicas e escolher a melhor, mas depois de "Quando Seu Namorado For Eu" a gente não fez mais nenhuma. A gente botou muita fé nela, porque foi uma música que ficou muito redonda e boa de ser ouvida. 

2- Em um "top três", quais foram os momentos mais marcantes da sua carreira? 

Kevi: a gravação o meu DVD, que sempre foi um sonho para mim. Ter ido cantar na minha cidade natal, que tem um dos maiores São João do Nordeste, Senhor do Bonfim. E quando eu apareci pela primeira vez em um programa de TV, que minha família me assistiu. 

Foto: reprodução / Instagram
3- Seguindo a linha de lembranças, você já presenciou alguma situação inusitada de fã para ficar perto de você?

Kevi: Tenho muitas histórias de fãs. Tenho algumas fãs que são retadas demais. Já teve fã que conseguiu conseguiu uma forma de se esconder no camarim antes do show começar para ficar perto de mim. E também que já se  hospedou no mesmo hotel, no quarto ao lado do meu, para bater na porta. 

4- Conta um pouco para a gente sobre seu novo trabalho em parceria com Flávio José. Como foi? 

Kevi: Eu ouvi essa música de um amigo, Sami Tridade, há quatro anos. Ele me mostrou duas músicas e eu falei que se ninguém gravasse ia pegar "Restart". Nesse ano, eu queria um single para o São João e liguei para ele para saber se a música estava disponível e assim aconteceu. 

Com relação ao Flávio José, eu acompanhei o trabalho. Ouvia desde criança e já fui para mais de 20 shows dele. Sempre assistia os shows de Flávio José na minha cidade e ele era sempre a primeira atração confirmada. Eu virei amigo da filha dele e assim consegui ter um contato mais próximo. Fiz o convite (para a parceria) e ele aceitou. Graças a Deus, é uma música linda, que a galera está gostando muito. 

5- Ter boas referências profissionais faz toda diferença na carreira. Quem são suas maiores inspirações musicais? 

Kevi: Nossa, eu sou muito eclético. Tenho muitas inspirações, grandes referências, que eu escuto. Cantores nacionais e internacionais. Eu acho que minhas referencias vai de Michael Jackson a Pablo (risos). É um misto de ídolos e eu sempre tento agregar coisas dos artistas para mim. 

7- Ter pessoas queridas próximas dão um gás a mais para os projetos profissionais. A participação de Sthe em seus clipes é um ótimo exemplo disso. Vocês têm uma boa sintonia. Pretende convidá-la para outros projetos? 

Kevi: Com certeza. A Sthe é uma querida, já participou de dois clipes meus - "Quando Seu Namorado For Eu" e "Fica Aqui, que lancei há quatro meses e é um sucesso. Se aparecer mais alguma música que lembre algo para chamar ela, com certeza vou fazer esse convite e espero que ela aceite. 

8- Além de Sthe, tem alguma outra amiga ou amigo que você já conseguiu contracenar em clipe e/ou pretende fazer isso nos próximos trabalhos?

Kevi: Além da Sthe, também teve o meu amigo Cristian Bell, que fez um papel de um padre no clipe "Quando Seu Namorado For Eu". Eu tenho uma boa relação com muitos artistas, humoristas e blogueiros. E eu acho isso bem legal. Além de somar para nós cantores, eles tem uma energia boa, são amigos e eu faço questão de sempre convidar alguém para passar essa energia boa junto comigo nos clipes.

[[embed]