Séries

'Killing Eve' mistura crime e humor na dose certa

Minissérie tem Sandra Oh no papel principal

Heyder Mustafa* (heyder.mustafa@redebahia.com.br)

Após fazer sucesso mundial dando vida à Dra. Cristina Yang (Grey’s Anatomy), a atriz Sandra Oh está de volta às séries de TV na pele de Eve Polastri, uma agente da inteligência britânica à caça de Villanelle (Jodie Comer), uma serial killer hilária e impiedosa. Ainda mais afiada e versátil, Oh foi a aposta certa para esse thriller rápido e caceteiro, sem espaço para cenas desnecessárias ou muita enrolação. ‘Killing Eve’ é matador, vai direto ao ponto, sem arrodeio, com um roteiro inteligente e uma afinação surpreendente do elenco.
Sandra Oh e Jodie Comer apresentam um nível de interpretação poucas vezes visto na TV, mas não só elas brilham na trama com a maravilhosa perseguição de gato e rato. Todos, sem exceção, dão show e ajudam a compor uma trama que já conquistou milhões de fãs mundo afora. Pela série, Sandra foi a grande vencedora desta temporada de prêmios, conquistando o Globo de Ouro, o Critics’ Choice e o SAG como melhor atriz de série dramática.



‘Killing Eve’ tem apenas oito episódios inundados de humor ácido, diálogos insanos, trilha sonora impecável, cenários belíssimos, muita loucura da vilã-assassina-psicopata mais sensacional de todos os tempos e as tiradas inteligentes da protagonista perfeita para uma série maravilhosa. O resultado foi tão bom que a 2ª temporada já está sendo produzida pela BBC com estreia marcada para o dia 7 de abril. Aqui no Brasil, ‘Killing Eve’ é exibida pelo GloboPlay. Pode acreditar, vale cada minuto e cada centavo pago pela assinatura.

*Heyder Mustafá é jornalista e produtor cultural formado pela UFBA, editor de conteúdo da GFM e Bahia FM, apresentador do Fala Bahia e apaixonado por cinema, literatura e viagens.