TV

Mara fala sobre ter sido vítima de machismo e ataca Mahmoud: 'Bicha recalcada'

Cientista política afirma que Ana Paula teve mais tempo de fazer campanha para ficar na casa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A primeira eliminada do BBB 18, com 55,45% dos votos, Mara levou a pior no paredão. Ao sair do programa, a cientista política gritou "Fora Temer" e falou que foi vítima de machismo. Ela, que é parente distante de Bruna Marquezine, acusou os participantes da casa de serem um "bando de macho alfa". 

"Foi um absurdo esse paredão com duas mulheres, me surpreendo muito que um cara como esse, que diz defender causas justas, coloque duas mulheres no primeiro paredão. Ele foi machista, esse paredão foi machista", disparou.

Foto: Reprodução/ Twitter

Mara ainda chamou Mahmoud de "bicha recalcada" numa participação do 'Rede BBB' após a saída da casa. Segundo a cientista, Ana Paula teve mais tempo de fazer campanha para ficar na casa. Depois do episódio da primeira prova do líder, a estudante de jornalismo teve cinco dias para se entender com o público. 

"Eu acho que a 'bruxinha' teve mais dias para fazer campanha, ficou cinco dias lá depois que aquela bicha recalcada gritou: 'Ana Paulaaaaaa', toda desesperada. Isso ajudou ela, fez uma campanha a favor, transformou ela em vítima", finalizou.