Teatro

Márcio Kieling fala sobre inspiração para 'Até Que a Internet Nos Separe'

Espetáculo será apresentado nos dias 5 e 6 de agosto, no Teatro ISBA

Keyla Pereira* (keyla.pereira@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Que as redes sociais têm seus lados positivos e negativos, todo mundo sabe. Mas e quando isso influi na vida do casal? É de forma humorada que os atores Márcio Kieling e Gabriela Durlo apresentam o espetáculo 'Até Que a Internet Nos Separe'. O espetáculo será apresentado nos dias 5 e 6 de agosto, no Teatro ISBA. Márcio bateu um papo com o iBahia para contar o que o público pode esperar da peça.

Este é o primeiro texto escrito por Kieling, o ator usou como base as situações do cotidiano: "Um dos personagens se baseia num conhecido que era avesso às redes sociais e teve que ceder, porque percebeu que quem não tem rede social acaba sendo considerado anti social".

Privacidade entre casal?
Na peça, os atores vivem um casal que após 7 anos de união começam a sentir em sua rotina a influência das redes socais. "Todo mundo deve ter sua particularidade. Como dia o ditado: 'quem não deve não teme'. O casal tem que ter um bom senso, a peça aborda isso: o limite que a pessoa pode ir ou não nas redes sociais", explica o ator.

Além da privacidade, há quem goste de expor a vida conjugal, publicando fotos e exibindo o dia a dia do relacionamento. "Eu acho que não tem erro exibir. O errado é curtir foto do ex, comentando fotos de pessoas que possam a vir a atrapalhar a relação. Não tem problema em expor sua rede social", comenta Kieling.

Mix Cultural: pensou que não ia sair para curtir hoje?

Salvador é a quarta cidade que entra no roteiro da peça e Márcio está animado para apresentar para os soteropolitanos: "temos recebido bastante elogio e as pessoas se identificam. Espero que o público baiano possa se divertir e refletir sobre a interferência das redes socais em suas
vidas".

Relação com parceira de cena
A amizade com Gabriela Durlo veio antes da peça. Kieling já trabalhou em novelas com a atriz, o que fortalece a parceria: "A gente já trabalhou em novelas na Record, e das quatro vezes juntos, três foram como casal. Já temos um entendimento de cena e influi na intimidade que é passada na peça. Quando tem mais entrosamento, melhor".

Ficou com vontade de assistir o espetáculo? Corre que ainda dá tempo! A peça custa R$ 66, a inteira, e R$ 33, a meia. No sábado (5), será apresentado às 21h, e, no domingo (6), começa 19h. Os ingressos estão à venda no teatro e através do site 'Compre Ingresso'.



*Sob orientação e supervisão do repórter Guinho Santos