Música

Márcio Victor e Ilê Ayê fazem show a preço popular no Pelô

Vocalista do Psirico promete agitar o segundo ensaio que o bloco afro realiza no largo Pedro Archanjo

Redação iBahia (agenda@portalibahia.com.br)

Amanhã, o melhor programa da noite em Salvador acontece ao som das batidas dos tambores. Basta imaginar o encontro entre Psirico e Ilê Aiyê para saber que a promessa é de uma noite regada à melhor vibração que pode vir de uma percussão de peso. O convite é irrecusável: cantar e suar a camisa nesta que será a segunda noite de ensaios pré-carnavalescos do Ilê  Aiyê no Pelourinho. A apresentação começa às 20h, no Largo Pedro Archanjo. Ingressos: R$20 e R$10.

A Band’Aiyê será a primeira atração a subir ao palco para apresentar um repertório comemorativo à trajetória do mais antigo bloco afro do Brasil, que acabou de completar 42 anos no último dia 1º. No mês da Consciência Negra, o canto do Ilê ganha ainda mais força com suas mensagens de valorização da raça negra, contra a discriminação e a intolerância.O  cantor  Márcio  Victor,  ícone  da  percussão  brasileira, sobe no palco com as honras de convidado da noite. Com a irreverência e presença de palco que tornam sempre aplaudidas as suas aparições, o artista vai mostrar, entre outros sucessos, a sua atual canção de trabalho, Xenhenhem, de autoria de Tatau. "A canção fala do clima  das  festas,  paqueras  e  do  ritmo  arrochanejo. Tem o clima do verão da Bahia e traz essa coisa da azaração, que é muito comum nessa época do ano. A música é uma delícia”, resume o cantor.