Música

Morre aos 34 anos a cantora e DJ escocesa Sophie

Artista foi a primeira transgênero a ser indicada ao Grammy

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Morreu neste sábado (30) a cantora, DJ e produtora escocesa Sophie, aos 34 anos. Ela teria sofrido uma queda ao tentar subir em um lugar mais alto para ver a lua cheia, segundo o selo Future Cassic. A assessoria da escocesa também confirmou a morte.

"Neste momento, o respeito e a privacidade para a família são a nossa prioridade. Também pediríamos respeito de seus fãs para tratarem a natureza privada desta notícia com sensibilidade", dizia o anúncio.

Sophie foi a primeira artista transgênero a receber uma indicação ao Grammy. Foi em 2019, na categoria Melhor Álbum de Dance e Eletrônica, pelo disco de estreia "Oil of Every Pearl's Un-Insides". Ela chegou a trabalhar em uma música de Madonna.