Cinema

Netflix poderá concorrer ao Oscar, diz presidente da Academia

O diretor de fotografia John Bailey afirmou que a Netfliz e Amazon "tem coragem"

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, instituição que entrega todos os anos os prêmios do Oscar, afirmou que talvez a Netflix possa concorrer na premiação. O novo presidente da instituição, o diretor de fotografia John Bailey deu uma entrevista ao IndieWire sobre os desafios que enfrenta na posição.

“A nossa realidade é que a Netflix e a Amazon se tornaram os estúdios que tem a coragem de fazer os filmes que ninguém mais faria”, afirmou Bailey. O diretor reconheceu a importância das empresas: “Eles pagam alto para ter grandes cineastas, mas não estão investidos no negócio dos cinemas físicos”. 

Citando como exemplo o documentário Wormwood, exibido no Festival de Telluride, Bailey voltou a defender: “Se a Netflix não conseguir um lançamento, mesmo que limitado, nos cinemas, ele não será elegível para o Oscar. Por quê? É um filme extraordinário”.

A 90º cerimônia de entrega dos Oscars será realizada no dia 4 de março de 2018, e o anúncio oficial dos indicados acontece no dia 23 de janeiro.