Cinema

No ar em "Sob pressão", Julio Andrade será visto em dois novos filmes

Diretor-geral de “1 contra todos”, Breno Silveira chama ator de "camaleão”

Agência O Globo

Diretor-geral de "1 contra todos", Breno Silveira é mais um que classifica Julio Andrade, o protagonista da série, com quem já havia trabalhado também em filmes como "Gonzaga — de pai pra filho" (2012), como "um camaleão".

"Ele fica muito diferente a cada trabalho, muda completamente de personalidade".

Na série "Sob pressão", que é exibida pela Globo às terças e deve ganhar uma segunda temporada no ano que vem, o ator mostra outra de suas faces ao interpretar o médico Evandro. Viciado no trabalho e em remédios, o personagem é o cirurgião-chefe da equipe médica de um hospital público.

Julio Andrade e Marjorie Estiano contracenam em "Sob pressão", no ar na Rede Globo. (Foto: Mauricio Fidalgo / Divulgação)

"Tanto 'Sob pressão' quanto "1 contra todos" foram dois trabalhos muito legais, mas que me sugaram fisicamente e psicologicamente", conta o ator, que precisou vencer o medo de sangue para viver um médico.

Para gravar a segunda temporada de "1 contra todos", Andrade encarou cenas de ação:

"A série é frenética, e essa é a parte mais difícil. Em uma das sequências tive que pular num barco no Lago Paranoá e sair nadando".

Gaúcho de Porto Alegre, o ator, de 40 anos, atuou em mais de 30 filmes. Na TV, foi Raul Seixas em um dos episódios do "Por toda minha vida", em 2009, viveu Arthurzinho, o mordomo gay da novela "Passione" (2010), e fez o cantor Firmino, na minissérie "Justiça" (2016).

"Pretendo ficar o resto de ano sem fazer nada após gravar a próxima temporada de "1 contra todos". Quero ficar em casa. Não estou a fim de trabalhar muito não. Quero é fazer bons personagens", diz ele, que será visto nos próximos meses em dois filmes inéditos: "Todas as canções de amor", de Joana Mariani, e "Paraíso perdido", de Monique Gardenberg.