Teatro

Novembro Negro: Festival de teatro discute racismo em escola pública

Arte será uilizada pelos estudantes para uma ação ligada ao Novembro Negro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O Colégio Estadual Dona Leonor Calmon, no bairro de Fazenda Grande II, em Salvador, vai fazer uma ação diferente para o Novembro Negro. Nesta sexta-feira(18), o III Festival de Teatro Estudantil vai colocar o racismo em pauta na instituição. 

Durante os três turnos, todos os estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), irão apresentar 28 encenações inspiradas na Conspiração dos Alfaiates. 

Cada turma da escola irá apresentar uma cena de 15 minutos e concorrerão, entre si, aos prêmios de Melhor Turma, Texto, Diretor, Ator, Atriz, Cenário, Figurino e Maquiagem, Imprensa, Produção e Revelação.

A Conspiração dos Alfaiates – ou Revolta dos Búzios teve à frente um grupo de ex-escravos, cujas reivindicações incluíam não só a independência do Brasil, como as igualdades social e racial. 

Serviço:

O que: III Festival de Teatro Estudantil, do Colégio Estadual Dona Leonor Calmon, no bairro de Fazenda Grande II.

Quando: Sexta-feira (18/11).

Horário: Nos três turnos (8h, 14h e 19h).

Onde: Conjunto Fazenda Grande II – Jaguaripe