Música

Novidades no mundo musical: confira os lançamentos do mês de abril

iBahia reuniu opções para todos os gostos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Gosta de música? Se sim, você não pode ficar sem acompanhar os lançamentos musicais do mês de abril. O iBahia reuniu opções para todos os gostos - arrocha, forró, MPB, samba-reggae, entre outros. Confira: 

Segunda parte do EP "Até o Último Gole" (Parceria de Kevi Jonny e Pablo)

No dia 3 de abril, o cantor Kevi Jonny lançou a segunda parte do EP- Até o Último Gole em todas as plataformas digitais e no canal do Youtube. O projeto em áudio, foi extraído do DVD, gravado em março passado, com participação de Pablo, Priscila Senna e Tierry.

“Deixamos 'Chave de Choro' por último, como, realmente, uma cereja do bolo. Ter a participação de um dos ícones do segmento, é uma honra pra mim. Pablo chega para abrilhantar, ainda mais, o projeto. A inédita tem composição de Denner Ferrari, Júnior Gomes, Flavinho do Kadet, Blener Maycom e Waléria Leão, a letra retrata aquele o típico desencontro amoroso”, conta Kevi Jonny. 



Deixa no Sigilo (Michele Andrade)

Michele Andrade lançou, nesta sexta-feira (16/04), o clipe de "Deixa no Sigilo". "A música é muito alto astral, com uma pitada de sex appeal. Assim que eu lancei 'Deixa no Sigilo', a galera abraçou a canção. A repercussão foi bem legal, com todo mundo fazendo a dancinha", conta a cantora. 

Para combinar com a letra da música, o clipe, que foi dirigido e produzido pela empresa VTX Filmes,  conta com cenas sensuais e alegres. A proposta é moderna, com o uso de cores vibrantes, brincadeiras e até mesmo tintas.  

Devagarinho (Rogerinho, MC MW e DJ Pernambuco)

A canção de MC MW vem em ritmo de bregadeira romântica e chega acompanhada de clipe dançante e pronto para os desafios de coreografia das redes sociais. 




Disco Baianeira (Forró da Gota)

O álbum, lançado no formato digital em todas as plataformas de música, mistura tradição do forró com sonoridades urbanas e contemporâneas. Entre xotes, xaxados e baiões, serão oito faixas de muito balanço e poesia.

“São canções que falam do amor presente e do distanciamento social dos problemas reais e da vida digital, daquilo que o corpo espera hoje e do que a mente alcança agora”, é como descreve o próprio Kalu, cantor do grupo e compositor de todas as músicas de ‘Baianeira’.




Corcovado (DUE Lounge Music)

A letra da música Corcovado, autoria de Tom Jobim, recebeu arranjos inusitados do produtor musical Fabinho Gonçalves baseado na leveza e influência da bossa nova de Adriana Buzelin com o Rock Blues de Rodrigo Vilaça de forma moderna da  música brasileira.

A escolha da música se deu no intuito de resgatar o melhor da bossa nova com uma nova roupagem, que tem como inspirações vertentes marcantes do jazz e do blues, sem perder as características do estilo peculiar da bossa nova.


Quando tudo isso passar (Ravana Rodriguez)

A gravação da música aconteceu no Estúdio Los Castilhos em São Paulo, com arranjos e produção musical do Maestro Vicente Castilho. A canção é uma composição de EG Reynan Gonçalves e Ravana Rodriguez. A sertaneja ficou conhecida, quando ganhou do programa “A Hora do Faro” – TV Record , o seu primeiro videoclipe com a música “Frase de Caminhão”, de autoria de Thierry.



Eu sendo eu (Érico Moura)

A faixa recém-lançada abre o terceiro álbum solo do cantor, Tudo é processo, programado para o segundo semestre deste ano com dez músicas autorais que misturam influências da música popular brasileira e do pop. A nova música foi gravada antes da pandemia, no Estúdio Tabuleiro, em Porto Alegre, e finalizada durante o período de distanciamento social, com participação de diferentes pessoas ao redor do mundo. Além dos músicos e produtores, que contribuíram diretamente dos estúdios ou das suas casas, a versão atual também conta com vozes femininas de diferentes nacionalidades repetindo a expressão “eu sendo eu” em idiomas como japonês, árabe, francês, espanhol e italiano.


Colé de Mermo (Iane Gonzaga)

A música traz influências do ijexá, samba-reggae e axé, com arranjos de Jordi Amorim. A letra, de autoria de Iane Gonzaga, aborda de forma leve e descontraída uma desilusão amorosa, trazendo uma linguagem soteropolitana, através de gírias como “baratino”, “caô” e o próprio título da canção “colé de mermo”. O single antecipa o primeiro EP da cantora “Territóriamente”, previsto para ser lançado em maio. A música nasce das vivências e diálogos da cantora sobre relacionamentos amorosos. 


Feitiços para Mover o Tempo (Cia de Dança de Salvador)

A comemora 10 anos de atividade trazendo ao público, em um álbum no Spotify, toda a trilha sonora do espetáculo Feitiços para Mover o Tempo, que foi apresentado no dia 03/abril no canal do Youtube da Cia.  A estreia do álbum acontece na próxima quarta-feira (21). As músicas foram criadas exclusivamente para o projeto, que conta com direção musical do músico e compositor Paulo Pitta e voz de Ana Brandão, cantora e bailarina na Reforma Cia de Dança.

“A trilha sonora foi produzida simultaneamente à coreografia, diferente do que acontece normalmente. Ela é um grande ritual sonoro que leva o espectador à momentos extremamente contrastantes, tais como sons percussivos intensos intercalados com vocais sussurrados. Por isso, essa nos envolve e gera sensações de expectativa e surpresa.”, declara o músico.

Especial em Libras (3 Palavrinhas)

O canal infantil cristão 3 Palavrinhas montou um cronograma especial para o mês de abril, em homenagem ao  Dia Nacional da Educação de Surdos e o Dia Nacional de Libras. A campanha terá cinco lançamentos dedicados ao público com deficiência  - 'A Ti Senhor', 'A Maior das Alegrias', 'Nome dos Nomes', 'Coletânea Especial de Libras' e 'Põe Tua Mão'. 


Adachuva (Banda Trupe Poligodélica)

A Banda Trupe Poligodélica tem trabalhado no segundo disco “Oroboros” e lançou no dia 9 de abril a canção “Adachuva”. Escrita no início da pandemia, a música é a escolhida para iniciar a trajetória do novo disco. A letra da música retrata um processo interno do compositor (Fatel), análogo ao clima chuvoso de final do verão no sertão do Vale do São Francisco. A música ganhou videoclipe pelo olhar e mãos de Leonardo Monteiro, que vivenciou de perto a produção intimista do disco.

No final do mês de abril o grupo lançará o disco “Oroboros”, que aborda o conceito de ciclos. Significado trazido pelo símbolo do ouroboros, esse sentimento de recomeço é o que rege cada faixa do trabalho, seja através da poesia nas letras ou nos arranjos e sonoridade. 


Feito Raio (Joana Terra) 

Feito Raio é o segundo disco da carreira de Joana Terra e conta com oito canções autorais nas quais canta seu amadurecimento artístico e as ligações emocionais consigo mesma e com o mundo. Lançado neste sábado (17), o álbum apresenta repertório que une o brejeiro e o contemporâneo. Ao mesmo tempo que remete ao interior, remete também ao universal. Todas as canções são composições de Joana Terra com parceiros.

#PETTINOBEAT (Anderson Petti)

O percussionista Anderson Petti lançou nesta sexta-feira(16), o EP #PETTINOBEAT, com cinco faixas que reúnem referências como bregafunk, kuduro, pagode baiano e música eletrônica. O álbum também marca o lançamento do selo digital Voo Livre Records, idealizado por Anderson para lançar outros artistas independentes.


Lavadeira do Rio (Lenine)

A artista plástica e comunicadora da cultura popular brasileira Mari Salmonson foi convidada pelo Coral da USP para ilustrar a história contada na famosa música “Lavadeira do Rio”. A composição de Lenine faz parte do repertório do CORALUSP 12 Em Ponto, que possui um programa de compositores nordestinos de várias épocas e estilos.

O clipe é o primeiro, lançado pelo Coral, que mesclará a arte visual com a poesia da música. O estilo de cordel nasceu da literatura de cordel, que é um gênero literário sobre temas da cultura popular brasileira impresso em folhetos.


Travessia (Sued Nunes)

O álbum “Travessia” traz canções que falam da ancestralidade musical da cantora e compositora, com influências na musicalidade de artistas e grupos baianos como Margareth Menezes, Lazzo Matumbi, Márcia Short, Cortejo Afro, Olodum e Baiana System.

A obra é fruto do gerenciamento de carreira, conquistado por meio de uma premiação do I Festival Mugunzá de Música da Bahia. Travessia conta com 13 canções autorais e é marcado pela voz potente de Sued e pela sonoridade do axé music.


Amareloucura (Aiace)

"Amarelocura" - tag já conhecida por quem reverencia a sabedoria contida nas pichações que embalam a cidade – é a nova e potente música de Aiace. Produzida por Paulo Mutti, a faixa traz vocais que contrastam com elementos eletrônicos e analógicos. Todos guiados, um a um, pelo ritmo afro-baiano.

A faixa transborda positividade e força ancestral, e chega para nos lembrar o quão resilientes podemos ser. Confira:

Baby eu te liguei (Afrocidade)

Tocada pela primeira vez no Coala Festival em São Paulo, “Baby te liguei” é uma música composta por MCDO, Fernanda Maia e Eric Mazzone, e produzida por Mahal Pita. O cliple teve roteiro e direção assinados pelo cineasta baiano Edvaldo Raw e, segundo ele, conta a história de um casal que sofre com a distância.

A música ultrapassou os 150 mil players nas plataformas digitais, e faz parte do EP “Afrocidade na Pista”, lançado em Janeiro deste ano.

Av. (Banda Avenida)

A fusão sonora do samba-reggae, rock, hip hop, trap, arrocha e pagodão marcam o primeiro disco de carreira da Banda Avenida. Intitulado Av., o novo álbum foi lançado no dia 9 de abril nas principais plataformas de streaming do país.

O álbum traz 10 faixas autorais, incluindo os sucessos já lançados ‘1,5 kg’, feat com o cantor Edcity, e ‘eu&vc’. Entre as apostas do novo trabalho, ‘Schwarzenegger’ promete fazer todo mundo dançar e se envolver com a pulsação rítmica da Avenida.

Balanço Tropical (Alexandre Thai)

No dia 15 de abril, o cantor e compositor de axé Alexandre Thai lançou o clipe de balanço Tropical, música que foi sucesso nas plataformas digitais. 

As imagens utilizadas foram todas de arquivo, gravadas no período antes da pandemia e a canção traz o frescor da alegria e das boas energias presentes no clima tropical. Confira:   


A gente ia longe (Andrezza Santos)

Esta é a primeira faixa liberada do disco Eutrópica, da cantora natural de Juazeiro Andrezza Santos. O clipe chega com a intenção de aumentar o alerta sobre as artes mais inclusivas e acessíveis, e tem a participação do ator surdo Anderson Silva, que contracena com Andrezza em libras.

Este trabalho é uma maneira de incentivar outros artistas a também pensarem em seus trabalhos com mais acessibilidade e um pequeno passo para ajudar isso se tornar uma realidade em larga escala em nossa cultura.


Nem um Pouquinho (Duda Beat feat. Trevo)

O cantor e compositor baiano Trevo foi convidado do novo álbum da cantora pernambucana Duda Beat, lançado no dia 27 de abril nas plataformas digitais.

Nem um Pouquinho é a quarta faixa do segundo álbum da pernambucana, e, além de dividir os vocais, Trevo participa também da composição da música.

Luan no Churrasco (Luan Estilizado)

Depois de conquistar o Brasil com o sucesso de “Tá faltando eu”, que alcançou o Top100 do Spotify, Luan Estilizado lança, nesta quinta-feira (22), o EP “Luan no Churrasco” para animar os dias dos forrozeiros.

Disponível em todas as plataformas digitais, o projeto conta com seis faixas, sendo metade canções inéditas e as outras três, regravações. Entre elas, destaque para “Nega vem me amar”, que entrou no repertório aos 45 minutos do segundo tempo e apaixonou o cantor imediatamente 


Romântico Delivery (Guga Meyra feat. Leo Santana)

A nova música de Guga Meyra tem participação do Gigante Léo Santana. Romântico Delivery é um delicioso pagode com trap que chama para dançar e se apaixonar. Composição de Guga Meyra, Alexandre Peixe e Diggo e arranjo de Lucas Rezende, a canção conta a história de uma relação que começa com o desprezo da garota e numa virada de jogo ela se apaixona.


Seja Luz (Laura Pessanha)

Laurah Pessanha é cantora, atriz, influencer, dançarina e apresentadora mirim. Ela, que foi destaque do The Voice Kids 2019, lançou em abril seu primeiro single e clipe profissional, a música Seja Luz. A inspiração para a escolha da música surgiu através de sua técnica Claudia Leitte.

A canção está disponível em todas as plataformas de streaming.