Música

Péricles sobre cover de 'Havana': 'Não é tão distante do samba'

Cantor fez performance na gravação do DVD em Salvador, em julho

Luana Santiago, da Agência O Globo
- Atualizada em

Versatilidade é mesmo com Péricles. Na última sexta-feira, o sambista provou que vai muito além de seu gênero musical ao divulgar um vídeo cantando o hit ''Havana'', da estrela pop Camila Cabello, durante a gravação de seu novo DVD ''Mensageiro do amor'', que aconteceu no dia 6 de julho em Salvador.

Foto: Divulgação

— Pegar uma música que caiu no gosto popular e trazer para todo mundo dançar e fazer parte do show foi uma ideia em conjunto minha, do produtor musical Izaias Marcelo e do Lázaro Ramos. Ele também concordou, deu uma opinião quanto a isso. Foi um conjunto de boas ideias e, a partir disso, resolvemos incluí-la. Foi um achado.

A decisão não poderia ter tido um resultado melhor: nas redes sociais, a performance de Péricles viralizou.



— Nesse primeiro momento é só felicidade. Fizemos, principalmente, pelo nosso público e depois dos vídeos o pessoal abraçou também, então isso deixa a gente muito feliz — conta o cantor, que não considera ''Havana'' uma música distante de seu repertório: — Não vejo a ''Havana'' tão distante do samba. É uma música própria assim como o samba. Ela toca bastante no mundo.
Antes de apresentá-la, porém, o artista conta que precisou praticar — e muito — a letra, já que não tem muita intimidade com a língua inglesa:

— Para nós que temos o costume de cantar em outras línguas fica um pouco mais difícil que o normal, mas a gente vai... São os desafios apresentados. É um desafio que prontamente aceitei e estou feliz com o resultado. Cantar em inglês foi no intuito de se lançar a um desafio e mostrar que é possível.

Ele garante, inclusive, que não teve nenhum branco enquanto a performance acontecia:

— Com essa música ensiei bem, então foi muito difícil dar um branco. Ensaiei bastante até para isso que não acontecesse porque a gente sabe que muitas pessoas poderiam ter visto e, uma vez vendo, e poderiam achar falhas para não falar tão bem.



Esta não é a primeira vez, entretanto, que o sambista surpreende com um cover. Em 2014, Péricles já havia deixado o público do programa ''Esquenta'' boquiaberto ao performar a clássica ''Sweet child O mine'', da banda de rock Guns n' Roses, ao lado de Alcione.

— Preciso sempre inovar como artista. Já cantei Guns n Roses no ''Esquenta'', ''Ebony and ivory'' (de Paul McCartney) neste último DVD... Acho bem bacana que essas apresentações surpreendam positivamente e que inspire as pessoas a acreditarem ser possível fazer, desde que com bastante perseverança e estudo. A gente pode, sim, fazer a diferença — afirma ele.