Turismo

Prefeitura de Salvador vai intesificar a promoção turística em 2019

Em fevereiro de 2019, a FeBHA registrou uma taxa de ocupação hoteleira de 70,67%

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Salvador voltou a ser um dos destinos mais procurados por turistas nacionais e internacionais. Em fevereiro de 2019, a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA) registrou uma taxa de ocupação hoteleira  de 70,67%. Esse dado é 3,22% superior em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo o presidente da FeBHA, Silvio Pessoa, a alta estação proporcionou o crescimento de todos os setores envolvidos com o turismo. “Foi fantástico. Todos saíram ganhando. Sem falar do sol que tivemos nesta temporada. Agora, na baixa estação, esperamos que o calendário de eventos venha com força total, enquanto o Centro de Convenções não tem as obras concluídas”, afirmou Silvio.

Foto: divulgação
O Gestor da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), Claudio Tinoco, ressaltou a importância da parceria da Prefeitura com o trade turístico para esse resultado."O prefeito ACM Neto sabe da importância do turismo para a cidade e, por isso mesmo, nós temos investido, sob orientação dele, na promoção turística de forma estratégica e eficiente ao longo de todo o ano”, pontua.

Promoção da cidade -
Entre as ações de promoção turística já previstas para este ano, está a continuação dos road shows no Brasil e na América Latina, em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH-BA). A iniciativa consiste em capacitar agentes de viagens e operadores de turismo a vender o destino Salvador.

Em parceria com a Salvador Destination, a Prefeitura vai promover press trips, ação que traz jornalistas, sobretudo estrangeiros, para vivenciar a cidade; e o Salvador Nice To Meet You, que traz operadores de viagens e promotores de eventos para fazer uma visita de familiarização com a capital baiana.

A Secult vai, ainda, intensificar a comunicação digital, participar de feiras de turismo e fazer missões internacionais. Além disso, a Prefeitura vai lançar, nas comemorações pelo aniversário de 470 anos da cidade, agora em março, novas obras de requalificação da orla, a exemplo do trecho entre Stella Maris, Praia do Flamengo e Ipitanga, além da implantação do Museu da Música Brasileira, da Casa da História de Salvador e do Arquivo Público Municipal.

O Centro de Convenções de Salvador, que também vai alavancar o turismo na baixa estação, terá as obras concluídas em setembro. A licitação para a concessão da empresa que vai administrar o equipamento deve ser lançada ainda este mês.