Teatro

Primeira casa de comédia de Salvador será inaugurada no início de novembro; veja detalhes

O local, voltado exclusivamente para apresentações humorísticas, contará com diversas formas de atuação, como os monólogos, noites de personagens e improviso

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Salvaodor irá receber a primeira casa de comédia da capital no dia 5 de novembro, às 16h. A The Comedy House, que é uma mistura de teatro e bar, ficará localizada na rua Conselheiro Pedro Luiz, nº 117, Rio Vermelho. A abertura contará com todos os protocolos de segurança sanitária exigidos em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Logo na entrada, haverá um controle de temperatura e só será liberado o acesso às pessoas que tiverem usando máscaras. Além disso, a casa contará com dispensers de álcool em gel e todo distanciamento social necessário para manter o bem-estar de todos.

O local, voltado exclusivamente para apresentações humorísticas, contará com diversas formas de atuação, como os monólogos, noites de personagens e improviso, entre outros. Mas, o foco do local será o Stand-Up Comedy.

De acordo com um dos sócios do empreendimento, Tiago Maracajá, o objetivo é construir e incentivar a cultura deste gênero na capital baiana.  O humorista, ator e roteirista, João Pimenta, enfatiza a importância de ter localmente espaços voltados para esta modalidade.

“Precisamos fazer disso uma cultura. Para que as pessoas possam sair de casa pra ver um trampo sincero, bem trabalhado e super importante nos dias de hoje”, afirmou Pimenta.

Funcionamento

A Comedy House funcionará de quarta a domingo, das 16h à 00h. Nas quartas-feiras,  o local contará apenas com uma apresentação por dia, que começa às 20h, e  ingressos vendidos a R$ 20. Já das quintas aos domingos, a entrada custará R$ 35, e o público poderá conferir duas sessões, às 19h15 e 22h15. Cada sessão comporta 60 pessoas, por ordem de chegada. Exceto em eventos especiais, que terão vendas antecipadas e valores diferenciados.

O ambiente contará com dois pavimentos, um onde serão realizadas as apresentações e o segundo, com o funcionamento apenas para o bar e restaurantes. As comidas e bebidas serão permitidas antes e durante os shows, mas as vendas serão encerradas 30 minutos antes do término de cada sessão. Desta forma, quem for assistir a primeira sessão poderá chegar ao local a partir das 16h e permanecer até às 20h30, para desfrutar de outros serviços ofertados pela casa. Já, aqueles que preferirem a segunda sessão, poderão entrar às 21h e ficar no local até o fechamento, à meia-noite.

Atrações
O trio de comediantes - Matheus Buente, Samuel Belmonte e Gabriel Caldas - comandará o palco do Comedy House no dia 5 de novembro, em duas sessões, de 19h15 e 22h15. Na sexta, 6, às 19h15, a animação da noite ficará a cargo de Renata Laurentino, Camila Giulia e Thiago Banha. Já a segunda sessão contará com a convidada especial da semana de inauguração, a atriz, modelo e humorista, Giovanna Fagundes, que trará para a capital baiana o seu show solo ‘A vida é muito boa, né gente?’. A ex-integrante do Pânico na Rádio e do elenco do Tá Pago, na TNT, faz apresentações de stand-up por todo o Brasil e promete garantir boas risadas ao público soteropolitano.

No dia 7, sábado, a comediante Giovanna Fagundes volta ao palco na primeira sessão, às 19h15, e, em seguida, os humoristas Renata Laurentino, Camila Giulia e Thiago Banha retornam para a Comedy House na sessão das 22h15. Já no domingo, 8, quem finaliza as atrações da semana é o trio com Thiago Banha, João Pimenta e Juninho Brandão, em duas sessões, de 18h e 21h.

Berço para novos talentos
Um dos grandes objetivos da Comedy House é dar oportunidades para novos artistas aparecerem no mercado da comédia baiana. Segundo Lelo Filho, o stand-up revelou grandes nomes do gênero, e esta nova casa que se abre pode ser uma chance para que novos nomes surjam e sejam referência desta modalidade em Salvador. Não à toa, o comediante João Pimenta espera que a Comedy House provoque nas pessoas que se identificam com o stand-up a vontade de começar.

“ Aqui na Bahia, os comediantes são bem abertos pra ajudar quem está começando, tanto pra ver os materiais, quanto para dar espaço pra fazer os shows. Essa dinâmica deixa uma galera que quer começar se sentindo mais confortável e confiante”, pontuou o comediante.

Por este motivo, o local contará todas as noites com o Open Mic (microfone aberto), espaço voltado para que novatos no humor possam mostrar seus textos para o público. Geralmente cada candidato terá cinco minutos  para se apresentar.

“Os Open Mic’s são grandes oportunidades para descobrir novos expoentes na comédia e sempre renovar o atual cenário. A comédia stand-up é muito de tentativa e erro, se a pessoa não tiver onde fazer show com frequência, dificulta bastante, tanto pra ela começar, quanto para evoluir”, explica Buente. “O grande segredo é conseguir se manter em cartaz, para que assim possa acontecer uma evolução no processo do comediante e ele consiga viver do humor”, afirmou o curador e principal humorista da The Comedy House, Matheus Buente.