TV

Emissora toma medida sobre caso de racismo em 'A Fazenda'

Participante foi chamada de 'macaca' por um funcionário

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A Record se pronunciou nesta quarta-feira (06) sobre o episódio de racismo que aconteceu no programa na terça-feira (05). Na ocasião, um funcionário chamou a participante Sabrina de 'macaca' e a mandou sentar no sofá.

Foto: Reprodução/Record

Segundo a emissora, a pessoa foi identificada como um operador de câmera, que estava posicionado atrás de um dos espelhos da sala. "Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente", disse em nota.

A Record ainda repudiou a atitude do funcionário: "como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar. A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções".

Nas redes sociais, a assessoria jurídica da peoa já emitiu uma nota oficial cobrando resposta sobre o caso e encaminhou para a emissora e o Ministério Público de São Paulo. "Buscando assegurar os direitos e garantias individuais de Sabrina Paiva e de todos os brasileiros que hoje, em pleno século XXI, sofrem com o preconceito ou violência racial, que muitas vezes são propagadas de forma velada, estaremos comunicando o Ministério Público do Estado de São Paulo para qu sejam adotadas todas as medidas judiciais cabíveis para punição do autor da ofensa", diz a nota.

Repercussão

Na manhã desta quarta-feira, a frase "Racismo é crime" estava nos assuntos mais comentados do Twitter, e os internautas cobravam uma resposta da Record. A assessoria da modelo afirmou estar em contato com a produção para resolver o episódio.

"É muito triste o que aconteceu e atinge não só a Sabrina, mas a realidade do nosso país. Desde já agradecemos, em nome da Sasa, por tantas mensagens e apoio! Sabrina merece respeito", disse a equipe da modelo no Instagram.