Séries

Roteirista confirma que 'Mulher-maravilha' já teve relacionamentos com outras mulheres

O roteirista ainda descreve a terra da personagem como "um paraíso" no qual todas são capazes de viver em felicidade

Agência O Globo
O roteirista de quadrinhos Greg Rucka confirmou em entrevista ao site "Comicosity" que a Mulher Maravilha já se apaixonou por pessoas do mesmo sexo enquanto vivia na ilha ficcional de Themyscira. Ele lembra que o lar de Diana Prince é habitado apenas por mulheres, portanto o conceito de homossexualidade não faria sentido no local."Uma Amazona não olha para a outra e pensa: você é homossexual. Elas não faziam isso, uma vez que o conceito de homossexualidade não existia para elas. Estamos dizendo que Diana se apaixonou e se relacionou com outras mulheres? A resposta é, obviamente, sim", disse Rucka.O roteirista ainda descreve a terra da personagem como "um paraíso" no qual todas são capazes de viver em felicidade. Parte dessa felicidade vem do direito de ter uma parceira e "uma relação romântica e sexual satisfatória"."Quando você pensa no conceito de Themyscira, a resposta é, 'como elas poderiam não ter relações entre si?' Não faz sentido se pensássemos de outra forma", afirmou ele.Rucka, no entanto, não tem nenhum envolvimento no filme solo da heroína. O longa-metragem da "Mulher-maravilha", interpretada pela atriz Gal Gadot, estreia no dia 2 de junho de 2017. A direção é de Patty Jenkins.