Música

Solar Boa Vista e Plataforma recebem show dos Cameratas da Osba

Cameratas, Quadro Solar e o Sexteto Opus Lumen fazem apresentações gratuitas em centros de cultura de Salvador

Redação iBahia (agenda@portalibahia.com.br)

O Cine Teatro Solar Boa Vista e o Centro Cultural Plataforma - espaços culturais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) - recebem, em setembro, o projeto Sextas Instrumentais, uma parceria entre Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) e a SecultBA. O objetivo é levar os pequenos grupos que executam música erudita - cameratas - a centros de cultura de Salvador e região metropolitana. As apresentações são gratuitas e acontecem sempre às 15h.No dia 18, o Cine Teatro Solar Boa Vista recebe a camerata Quadro Solar, formada pelos músicos Andréa Bandeira (flauta), Maria Cândida Lobão (violoncelo) e Mário Gonçalves (violino), que irá tocar os quartetos para flauta e cordas do compositor alemão A. W. Mozart e explorar o repertório lírico.

Já dia 25 é a vez do Sexteto Opus Lumen se apresentar no Centro Cultural Plataforma. O grupo é composto por Solamy Oliveira (clarinete), Gustavo Seal (oboé),  Ilza Cruz (fagote), Adelson (trompa),  Antonio Carlos (flauta) e  Humberto (percussão). Executa peças eruditas contemplando a música clássica, passando pela popular estilizada.Os espetáculos circulam nos espaços culturais da SecultBA até dezembro, sempre às 15h. Os concertos terão caráter artístico-pedagógico e caracterizam-se pela execução de um repertório que mescla a música erudita e popular, intercaladas com a explicação sobre as obras, seus compositores e período histórico em que foram criadas, entre outras abordagens, promovendo diálogo do público com o universo da música clássica.Fazem parte do projeto quatro cameratas formadas por músicos da Orquestra Sinfônica da Bahia: Opus Lúmen, Quadro Solar, Quarteto Novo e Bahia Cordas. O projeto é arquitetado de forma que todos os grupos circulem pelos espaços culturais participantes. São eles: Cine Teatro Lauro de Freitas, Solar Boa Vista, Centro Cultural de Plataforma, Espaço Cultural Alagados e Casa da Música.