Música

Tony Salles sobre primeiro show em Salvador: 'Não dá para segurar a emoção'

Artista retornou à capital baiana neste domingo (17), após período de isolamento

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A Banda Parangolé retornou aos palcos de Salvador após a longa temporada de isolamento. O Wet virou cenário de muito alto astral e diversão no Parangolé Exclusive, com um super show de 3 horas da banda liderada por Tony Salles e a abertura do Trio da Huanna.

Foto: Divulgação

“Não dá para segurar a emoção! Esperamos muito por esse momento de retomada, e estar na nossa cidade é arrepiante. Meu coração é só alegria e gratidão”, disse o líder do Parango. O repertório do grupo trouxe as músicas mais recentes como “Amor e Ousadia” e “Uau, que delícia”, as campeãs dos carnavais passados como “Abaixa que é Tiro” e “Ela não quer guerra com ninguém” e as que fazem parte da história do grupo mesmo antes de Tony Salles como “Quem sou eu?”. Não ficaram de fora releituras dos hits do momento e canções da época do Raghatoni.

A família do cantor marcou presença forte no evento. A dançarina e esposa, Scheila Carvalho, a filha Giulia e a mãe Dona Nice manifestaram apoio e carinho ao artista. Além deles, diversos influenciadores de Salvador se divertiram durante a festa: Dum Ice, Leozito, Alesson, Leo Marques, Tássia Brasil, entre outros, curtiram a noite.

Dias 29 e 31 de outubro o Parangolé se apresenta em Brasília-DF.