Cinema

‘Velozes & furiosos: Hobbs & Shaw’ é um dos melhores filmes de ação do ano

Longa já está em cartaz nos cinemas de Salvador

Agência O Globo
- Atualizada em

Quando se questiona o porquê de a franquia “Velozes & furiosos” estar indo para o nono filme e continuar atraindo o público e rendendo milhões nas bilheterias, o primeiro motivo que vem a mente é que o espectador adora ação protagonizada por homens musculosos, indestrutíveis e que dizem hilárias frases de efeito. Sim, essa é uma fórmula que se comprovou um sucesso principalmente nos anos 80, mas que se esgotou.



O que realmente justifica o sucesso é que, desde o primeiro longa, feito em 2001, a franquia foi explorar temas como a importância da família, da inclusão das diferentes etnias e papéis femininos de fibra. A cada nova aventura, os diferentes roteiristas e diretores mantiveram essas características que resultavam em personagens com que todos pudessem se identificar.

Foto: Reprodução
“Hobbs & Shaw” mantém todos esses atributos, sempre incluindo algum aspecto cultural novo. O tal sentimento de família supera tanto os outros longas que o vilão britânico Shaw (Jason Staham) se junta a Hobbs (Dwayne Johnson) para enfrentar Brixton (Idris Elba), o facínora da vez, além da ótima participação de Vanessa Kirby como irmã badass de Shaw. 


E quem não está nem aí para esses valores pode ficar tranquilo, porque o filme tem altas doses de adrenalina, humor e pancadaria, com aquele toque de exagero e canastrice que é vital para o sucesso da empreitada. O longa dirigido por David Leitch desponta como um dos melhores filmes de ação do ano. E vale a pena esperar as cenas divertidas nos créditos finais.