Cinema

Wagner Moura pretende dirigir filme sobre Carlos Marighella

O ator baiano disse em entrevista à revista "GQ" que recusou um convite para o remake de "Sete Homens e Um Destino"

Redação Correio 24h

O ator Wagner Moura anunciou qual será o seu próximo desafio na carreira. Após concluir as gravações da segunda temporada da série "Narcos", que chega ao Netflix na sexta-feira (2), o baiano pretende dirigir um longa-metragem sobre o comunista Carlos Marighella.


Em entrevista à revista "GQ" do mês de setembro, ele disse que com esse trabalho ele será xingado ainda mais. Na mesma ocasião, Moura revelou que foi convidado para atuar no remake de "Sete Homens e Um Destino", ao lado de Denzel Washington, porém, devido aos compromissos com "Narcos", foi obrigado a recusar o convite.

Foto: Divulgação

"Conversei com o diretor, Antonie Fuqua, e acertei tudo, mas percebi que tinha aceitado naquelas de 'não posso recusar', e meu coração dizia que não ia aguentar. Se o filme atrasasse seria um problema com a Netflix", revelou.Para encarar o papel, Wagner ainda precisaria emagrecer os 20 quilos que engordou para viver o traficante Pablo Escobar. "Eu comi muito para engordar, porque meu corpo é magro. Pizza, sorvete, cerveja, vinho, sobremesa todo dia", disse. Wagner já perdeu 13 kg e pretende o quanto antes voltar ao seu peso normal.