Nicácio: "vai faltar fôlego, mas 45 minutos garanto aguentar"


Marcelo Nicácio estava de férias antes de chegar ao Leão

Marcelo Nicácio não deu viagam de balde para Arapiraca, Alagoas. O atacante embarcou no aguardo da regularização para estrear, e o nome apareceu no BID na tarde de segunda-feira. Ele será o camisa 9 do Vitória contra o ASA, às 19h30 desta terça, no estádio Fumeirão. Uma estreia forçada. O jogador, apresentado há 12 dias na Toca do Leão, vinha de 40 dias de férias. Só pra ter uma noção, Nicácio passou a trabalhar com bola na semana passada.

Porém, com Neto Baiano suspenso e Dinei e Marco Aurélio machucados, o técnico Carpegiani decidiu utilizar o atacante. A outra opção seria William, que não joga há quatro meses e não atua como centroavante há cinco anos. “Existe uma necessidade e vamos ter que recorrer a Nicácio”, sinalizou Carpegiani.

O atacante de 29 anos não joga há mais de três meses, quando rescindiu contrato como Litex, da Bulgária, devido a problemas financeiros no clube. Na apresentação na Toca, inclusive, Nicácio chegou a pedir de 15 a 20 dias para melhorar a forma física e, a partir de então, ganhar condições de jogo. A necessidade atravessou o projeto. Por isso, ele não promete resistir bem aos 90 minutos no interior alagoano. “Vai faltar fôlego, mas 45 minutos garanto aguentar”, garante Nicácio, que fez 11 gols em 16 jogos no Campeonato Búlgaro.

Marquinhos – Como Marco Aurélio também está machucado, Carpegiani jogará com uma dupla de ataque totalmente nova. E pra fazer companhia a Nicácio, Marquinhos retorna ao time após ter perdido a vaga de titular. Nesse período, teve virose. Marco, já em recuperação de lesão muscular, só deve retornar contra o CRB, dia 28.

Matéria original: Jornal Correio*
Nicácio é regularizado e será o camisa 9 do Vitória contra o ASA