Futebol

10 curiosidades dos 10 anos de Messi no Barcelona

Pode-se fazer muita coisa em uma década, ainda mais se você for um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos

- Atualizada em


Redação Goal


Há exatos 10 anos, Lionel Messi estreava na equipe principal do Barcelona. O craque argentino conquistou o mundo do futebol e quebrou quase todos os recordes possíveis. Para comemorar, Goal analisou os 10 fatos mais curiosos da carreira do camisa 10.

1) Maior assistente: Daniel Alves deu 25 assistências a Leo. Em seguida, está a dupla Xavi e Iniesta, com 20 e 18 assistências, respectivamente.

2) Principal vítima: Osasuna. Ao todo, foram 17 gols em 15 partidas. O Atlético de Madrid também conhece bem o poder de ataque do argentino, sofrendo os mesmos 17 gols, mas em 16 partidas.

3) Minutos em que mais marcou: Entre os 20 e os 45 minutos do segundo tempo, Messi é mais efetivo. Marcou 72 dos seus 249 gols nesse período do jogo, o que corresponde a 29% dos gols.

4) Partes do corpo com que marca: 202 gols com a canhotinha (81,1%), 38 com o pé direito (15,3%), 8 de cabeça (3,2%) e um com a mão (0,4%).

5) Gols de pênalti: Fez 32 gols na marca dos 11 metros, 13% do total.

6) Gols de falta: Foram 11 gols de tiro livre direto, 4% do total.

7) Goleadas de Messi: O atacante já marcou duas vezes em uma mesma partida por 53 vezes, anotou 19 hat-trick e conseguiu a façanha de fazer quatro gols em um só jogo em três ocasiões, contra Osasuna, Valencia e Espanyol.

8) Zonas de maior sucesso: 86% de seus gols saíram de dentro da área.

9) Perigoso dentro e fora de casa: 138 de seus gols foram marcados no Camp Nou (55%). Os outros 111 foram como visitante. Curiosamente, em clássicos contra o Real Madrid ele marcou mais gols no Santiago Bernabéu do que no Camp Nou (seis gols em casa e oito fora).

10) Protagonista contra os rivais: Messi é o tipo de jogador que cresce nos grandes clássicos. Ao todo, foram 17 gols em 16 jogos contra o Atlético de Madrid; 15 gols em 16 jogos contra o Sevilla e também Valencia; e 14 gols em 16 jogos contra o Real Madrid.