Futebol

7 a 1 da Copa de 2014 rende doação de R$ 240 mil para hospital combater coronavírus

O trauma vivido pelos brasileiros na semifinal da Copa do Mundo de 2014 no Mineirão, dessa fez foi relembrado por um bom motivo

Agência O Globo
- Atualizada em

O trauma vivido pelos brasileiros na semifinal da Copa do Mundo de 2014 no Mineirão, dessa fez foi relembrado por um bom motivo. O estádio se uniu à ONG alemã Dahw na luta contra o coronavírus, e juntos fizeram uma doação de R$ 240 mil ao Hospital da Baleia, em Belo Horizonte. Os recursos são provenientes de contribuições feitas na Alemanha em troca de um pedaço da rede do fatídico 7 x 1, e chegam ao Brasil nesta sexta-feira.

Foto: Reprodução 

O valor será destinado à compra de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais da saúde, que estão na linha de frente do combate à pandemia.

— Em conjunto com os parceiros da Dahw, conseguiremos equipar nossos heróis adequadamente, com luvas, máscaras, álcool e óculos de proteção. Sabemos que este é um momento difícil, mas também acreditamos profundamente que, juntos e conscientes dos nossos deveres, vamos superá-lo — ressalta Ludmila Ximenes, do setor de Relações Institucionais do estádio.

Além da disponibilização dos recursos, o Mineirão também dá início a uma campanha pública, em conjunto com o Hospital da Baleia, que busca angariar fundos para inauguração de uma ala hospitalar já pronta, mas que precisa de equipamentos hospitalares para até 70 novos leitos, ampliando a capacidade de atendimento à população acometida pela doença.