Futebol

'Acho o Bruno Henrique melhor que Cristiano Ronaldo tecnicamente', dispara René Simões

Ex-técnico do Bahia polemizou ao comparar atacante do Flamengo com craque português

Hellen Guimarães, da Agência O Globo
- Atualizada em

René Simões não poupou elogios a Bruno Henrique, atacante do Flamengo, e causou polêmica nas redes sociais. Na edição desta quarta-feira do programa "Os Donos da Bola", da Band, o ex-treinador afirmou que considera o atacante, em excelente fase na temporada, melhor tecnicamente do que Cristiano Ronaldo.

Foto: Reprodução

"Eu vou dizer um negócio que eu sei que vai ter controvérsia à beça. Eu acho o Bruno Henrique estilo do Cristiano Ronaldo com mais habilidades técnicas, mais samba no pé. Eu acho isso. Aguardem! Eu acho ele melhor do que o Cristiano Ronaldo tecnicamente. Ele vai precisar ter uma coisa que a gente chama de... paixão e iniciativa. Isso é o que dá o foco. Se ele tiver isso, vai ser melhor do que o Cristiano Ronaldo", previu Simões, que fez uma ressalva, porém, quanto à superioridade de CR7 em números.

"Hoje, os números do Cristiano Ronaldo, não queria falar em números porque não gosto, mas os números do Cristiano Ronaldo são muito melhores do que os do Bruno Henrique", reconheceu.

Nada que enfraqueça, porém, sua opinião sobre o atacante rubro-negro. Pelo contrário: para René, se Bruno Henrique estivesse hoje na Europa, estaria concorrendo ao prêmio de melhor do mundo.

"Não costumo errar as minhas profecias não. (...) Se tivesse fazendo na Europa o que está fazendo, hoje, no Flamengo, ele era candidato a melhor jogador do mundo. É constatação de você ver o jogador. Tem velocidade o Cristiano Ronaldo? O Bruno também tem. Sabe finalizar o Cristiano Ronaldo? Magnificamente. O Bruno também. Ele é bom de cabeça? O Bruno também. Só que o Bruno tem o drible melhor que ele (Cristiano Ronaldo). Onde está a diferença? É um atleta o Cristiano Ronaldo. Se o Bruno Henrique puser na cabeça que, sendo um atleta, ele vai chegar lá, ele chega", afirmou.



Bruno Henrique vive a melhor temporada da carreira no Flamengo. Desde a estreia contra o Botafogo, pela Taça Guanabara, quando anotou os dois gols da vitória rubro-negra, o atacante já marcou 9 gols em 11 partidas contra os três rivais cariocas, o que lhe rendeu o apelido de "rei dos clássicos" entre os flamenguistas. No último domingo, quando marcou três gols contra o Corinthians, Bruno Henrique completou 53 partidas em 2019, com 28 gols e 13 assistências.

Esta não é a primeira vez que o ex-treinador faz comentários polêmicos. Em 2010, quando treinada o Atlético-GO, René criticou duramente Neymar após uma partida contra o Santos na Vila Belmiro. Na ocasião, ele defendeu o futebol-arte, mas reclamou que o atacante teria abusado das firulas e advertiu que o futebol brasileiro "estava criando um monstro".

"Poucas vezes vi alguém tão mal-educado desportivamente. Sempre trabalhei com jovens e nunca vi nada assim. Está na hora de alguém educar esse rapaz, ou vamos criar um monstro. Estamos criando um monstro no futebol brasileiro. (...) Fui ao Dorival [Júnior] dizer que estava certo ao repreendê-lo. Neymar, hoje, não é um homem, nem um grande jogador, é um projeto disso tudo. Fiquei decepcionado com o futebol depois desse episódio", declarou.

René anunciou a aposentadoria em 2017. No currículo, tem as seleções brasileiras feminina, sub-23, sub-20 e sub-17, além das seleções masculinas da Jamaica, Honduras e Trinidad e Tobago. Em 2011, comandou o Bahia na série A. O último clube que treinou foi o Macaé (RJ).