Esportes

Além do esporte: atletas se destacam também pelo amor aos filhos; relembre

Lucão, do vôlei, Darlan Romani, do arremesso de peso, e Arthur Zanetti da Ginástica, chamaram atenção dos brasileiros por gestos de carinho e cuidado com os pequenos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No dia que chega ao fim as Olimpíadas de Tóquio é comemorado no Brasil o Dia dos Pais. E durante os 15 dias de competições, alguns atletas brasileiros viraram notícia não só pelo que fizeram em busca de medalha, mas também pelo amor aos filhos. 

Lucão, do vôlei, Darlan Romani, do arremesso de peso, e Arthur Zanetti da Ginástica, chamaram atenção dos brasileiros por gestos de carinho e cuidado com os pequenos. Relembre: 

Lucão e o uso da máscara 

Quando a seleção brasileira masculina de vôlei estreou nas Olimpíadas, Lucão chamou atenção pelo uso de máscara. Ele era o único entre os titulares que optaram a jogar com a proteção. Após a partida veio a explicação: o cuidado com o filho. 

Desde que retornou aos jogos durante a pandemia, o jogador optou por atuar com a máscara para proteger o filho Theo, de 4 anos, que tem bronquite. À revista Veja, Lucão contou que a proteção não o atrapalha em nada nas quadras. 

Pai Incrível  

Darlan Romani não conquistou a tão sonhada medalha no arremesso de peso – ficou em quarto lugar –, mas conquistou o coração dos brasileiros com sua fofura. Ele ficou conhecido como “Darlan Romântico” pelo recado que mandou para a esposa e a filha – com direito a coraçãozinho coreano com a mão. 

Além disso, um vídeo dele ensinando a filha a arremessar peso também viralizou.  O atleta ainda foi comparado com Roberto Pêra, o pai do desenho ‘Os Incríveis’ 

 

 

Amuleto nas Olimpíadas 

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os familiares tiveram que torcer de longe pelos atletas. Mas para sentir o amor do filho de perto, Arthur Zanetti, da ginástica, levou roupinhas do pequeno Liam, que completa 1 ano em setembro. 

Foto: Reprodução / TV Globo

"Não deu para mim nessas Olimpíadas, mas essa é a minha maior conquista", disse Zanetti, referindo-se ao herdeiro, logo após perder a chance de conquistar mais uma medalha nas argolas.