Futebol

Aos 20 anos, filho de Didier Drogba estreia na quarta divisão italiana

Isaac Drogba é a mais nova contratação do pequeno Folgore Caratese

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A expectativa em torno de um jovem jogador é sempre alta. Grandes revelações do futebol mundial costumam captar as atenções de olheiros, treinadores, empresários e dirigentes dos grandes clubes. Em poucos anos, as jovens promessas se tornam adoradas também por apostadores em sites como Campobet, com prospecção de jogos nas maiores e melhores ligas do planeta.

Publicações brasileiras e estrangeiras têm se dedicado a mapear quem são os jogadores com menos de 21 anos que podem dominar o cenário mundial nos próximos anos. O periódico inglês The Guardian, por exemplo, faz uma eleição anual para encontrar esses jogadores. Alguns atletas dessa lista são os brasileiros Vinicius Jr e Reiner, ambos do Real Madrid e que deixaram o Brasil ainda jovens, quando começavam a se destacar pelo Flamengo.

Foto: FIFA
Mas, para além da expectativa acerca da idade de alguns jogadores, há também uma certa dose de ansiedade para saber se jogadores filhos de ex-atletas, sobretudo aqueles com destaque no cenário internacional, vão conseguir reproduzir os feitos de seus pais nos gramados. A expectativa da vez recai sobre Isaac Drogba, de 2020, filho do atacante Didier Drogba, natural da Costa do Marfim e considerado um dos melhores atacantes do mundo nos últimos 15 anos.

Isaac foi anunciado como o novo reforço da Folgore Caratese, da Itália. O clube disputa a 4ª divisão do Campeonato Italiano e terá o atacante em seu plantel daqui em diante. "A Folgore Caratese anuncia que garantiu a contratação definitiva do atacante Isaac Drogba", dizia a publicação nas redes sociais

Desde que começou sua carreira no futebol profissional, Isaac já passou pelo time de formação do Chelsea e estava desde 2019 no time B do Guingamp, da França, que disputa a segunda divisão nacional do futebol local. O novo clube do filho de Didier é o atual sétimo colocado da quarta divisão do Campeonato Italiano com 29 pontos

Enquanto trilha os primeiros passos na carreira profissional, Isaac tenta repetir a vitoriosa carreira de seu pai. Drogba começou sua trajetória no futebol francês. Jogou por Le Mans, Guingamp e Marselha, onde se destacou e passou a ser cobiçado por grandes clubes do futebol europeu.

Após anos de destaque no futebol francês, Drogba se transferiu para o Chelsea na temporada 2003/2004. Ele se tornou um dos principais jogadores do clube, conquistando títulos importantes e marcando gols decisivos. Foram 341 jogos e mais

de 150 gols pelo clube. Ele conquistou a Liga dos Campeões da Europa na temporada 2011/202, quatro edições da Premier League e outros títulos menores, como a Copa da Inglaterra e a Copa da Liga.

Em 2012, após oito anos de Chelsea, o marfinense anunciou sua transferência ao clube chinês Shanghaï Shenhua, sob um contrato de dois anos e meio de duração. Seis meses depois, o atacante voltou ao futebol europeu para defender as cores do Galatasaray, um dos maiores clubes do futebol turco. Por lá, conquistou o Campeonato Turco, a Copa da Turquia e a Supercopa da Turquia.

Já no fim da carreira, Drogba voltou ao Chelsea em 2014, mas sem o brilho da primeira passagem. Rodou ainda por clubes da MLS, a principal liga do futebol norte-americano. Ele se aposentou em 2018, aos 40 anos. Pela seleção da Costa do Marfim, disputou as Copas do Mundo de 2006, 2010 e 2014, sempre como capitão da equipe. Será que Isaac conseguirá igualar os feitos do pai?