Copa 2018

Após eliminação da Espanha, meia Andrés Iniesta se despede da seleção

Jogador tem como principal título a Copa do Mundo de 2010

Agência O Globo
É o fim de uma era na seleção da Espanha. Após a eliminação da equipe, neste domingo, nas oitavas de final da Copa do Mundo, o meia Andrés Iniesta, de 34 anos, anunciou que não vestirá mais a camisa da Fúria.
“Foi a minha última partida pela seleção. A nível individual se encerra uma etapa maravilhosa. Não foi a despedida sonhada, mas o futebol tem dessas coisas”, disse Iniesta, segundo o jornal “Mundo Deportivo”.
“É um momento difícil. Estamos tristes porque não fomos capazes de vencer, de estar à altura das circunstâncias. Não demos aquele passo à frente durante a partida”, acrescentou o craque, que jogará no futebol japonês na próxima temporada.
Iniesta, é bom frisar, começou a partida contra a Rússia na reserva. Entrou somente no segundo tempo.
“O treinador é quem toma as decisões...”, afirmou o veterano.
Por fim, o ex-Barça afirmou que os culpados pela eliminação são os jogadores.
“São os jogadores porque somos nós que entramos em campo. A partir daí cada um tem a sua responsabilidade. Seria um erro da minha parte dizer que toda a situação do Lopetegui (técnico que foi demitido ao acertar com o Real Madrid) foi fundamental para isso”, finalizou Iniesta.
A Espanha foi derrotada pela Rússia, dona da casa, nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo normal + prorrogação.
Com a camisa da Espanha, Iniesta tem como principal título a Copa do Mundo de 2010.