Futebol

Após expulsar jogador, juiz é agredido e deixa gramado sangrando

Partida realizada no último domingo (16) está suspensa e o agressor foi encaminhado para delegacia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Conhecido pelas confusões e violência em campo, o futebol argentino escreveu mais um episódio negativo em sua história. Durante a final do Torneio Anual Classificatório da Liga Posadeña, organização regional, o árbitro do jogo foi agredido e deixou o campo de ambulância. A partida foi realizada no último domingo (16) entre Club Mitre, da cidade de Posadas, e Sporting, de San Pipó.

Nos acréscimos da decisão, o Mitre vencia por 3 a 1 e o árbitro Gabriel Cortínez aplicou o segundo cartão amarelo ao jogador Matías Benítez, do Sporting. Luis Angel Maciel, companheiro de equipe de Matías, não se conformou com a expulsão e atacou o juiz com socos. Cortínez caiu no gramado e sua boca estava ensanguentada. Ele esprou 50 minutos até a chegada de uma ambulância ao local do jogo, de acordo com o jornal 'Olé'.

(Foto: Doble5inco.com/Reprodução)

“Olhei o cronômetro e faltava um minuto e meio. Aí eu recebi esse golpe que me deixou desacordado”, afirmou Cortínez ao Doble5inco.com. Ainda segundo o site, o juiz ainda foi observado por médicos na manhã desta segunda-feira (17).

A partida foi suspensa e o agressor foi levado para delegacia.