Copa 2018

Após gol pela seleção, Paulinho lembra de críticas na China e no Barcelona

Volante é eleito melhor do jogo, mas diz que o importante é a classificação

Agência O Globo
Autor do gol da seleção brasileira que abriu a vitória de 2 a 0 sobre a Sérvia, nesta quarta-feira, em Moscou, Paulinho lembrou as críticas que sofreu ao longo da carreira. Após ser eleito o melhor jogador da partida, perguntado se o gol lhe dá confiança para o restante da Copa do Mundo, o volante respondeu em tom de seriedade, sem sorrisos:
"Tenho confiança faz muito tempo. Na minha saída para a China foi muito questionada. Depois, no Barcelona outra vez. Mas estou aqui fazendo a mesma coisa, sempre ajudando os companheiros", disse Paulinho, que falou sobre o seu gol. "Todos sabem minha característica. Procuro ajudar. O Coutinho deu uma linha assistência".
(Foto: André Mourão / MoWA Press)
Apesar de Paulinho não ter se destacado nos dois primeiros jogos do Mundial, Tite citou que o manteria por sua "trajetória" na seleção. Em um votação que tem a participação de internautas, ele foi eleito o melhor jogador da terceira partida do Brasil, quando o time de Tite conquistou a liderança do Grupo E e a vaga nas oitavas de final.
"O importante para mim é a vitória e a classificação. A coisa de ser eleito o melhor da partida fica para quem faz a votação, mas não me preocupo. Minha preocupação toda é em me entregar para o elenco da seleção brasileira e, pouco a pouco, vamos conquistar nossos objetivos".