Copa 2018

Após lances polêmicos em jogo contra a Suíça, CBF envia ofício à Fifa

Para a entidade, tecnologia deveria ter sido usada em dois lances

Agência O Globo
- Atualizada em

Insatisfeita com a arbitragem da partida entre Brasil e Suíça, que terminou empatada em 1 a 1, a CBF enviou um ofício à Fifa nesta segunda-feira questionando os procedimentos adotados pelo VAR (Video Assistant Referee).

A grande reclamação da CBF é com a falta que não foi marcada sobre o zagueiro Miranda no gol dos suíços. Também, na opinião da entidade, teve um pênalti não marcado sobre Gabriel Jesus.

Abaixo, a nota oficial da CBF.

“A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) encaminhou, nesta segunda-feira, 18, um ofício à FIFA questionando os procedimentos adotados pelo Video Assistant Referee (VAR) na partida entre Brasil e Suíça, válida pela primeira rodada do Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018.

No documento, a CBF solicita esclarecimentos em relação ao cumprimento do Protocolo VAR - Versão 8, que prevê, em seu item 2, quatro decisões revisáveis: gols, decisões em penais, cartão vermelho direto e identidade equivocada.

A CBF requer da FIFA a razão pela qual a tecnologia não foi utilizada em lances capitais da partida”.

Foto: Divulgação