Futebol

Após repercussão negativa de declaração, Pará se defende e exalta o Bahia; confira

"Seria impossível pra mim falar que o Bahia ou sua torcida são pequenos como estão falando por ai", escreveu o lateral

Redação iBahia (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Agora no Cruzeiro, Pará se defendeu das críticas no Instagram

Agora lateral-esquerdo do Cruzeiro, Pará foi apresentado como novo reforço da equipe mineira na terça-feira (3). Em entrevista coletiva, deu uma declaração que não pegou bem entre os torcedores tricolores e resolveu mandar um recado para a torcida do seu antigo clube, o Bahia. O jogador de 19 anos alfinetou a imprensa e exaltou o Esquadrão de Aço. 

"Infelizmente a mídia transforma qualquer palavra dita em algo bom ou ruim! Jamais desdenharia do time que me acolheu, e que me deu a oportunidade da minha vida! Sai de uma cidade do interior do Pará, e se não fosse pelo Esporte Clube Bahia, não chegaria aonde estou!", escreveu o lateral em sua conta no Instagram (leia o desabafo completo no fim da matéria).

A polêmica - A frase que causou incômodo foi a seguinte: "Estou muito feliz de estar agora em um clube grande, de torcida grande". Ele disse isso durante sua apresentação, mas em vídeo gravado pelo clube antes da conversa com os jornalistas ele destacou que vinha de uma equipe com grande torcida.

Negociação - Pará teve 50% dos seus direitos econômicos adquiridos pelo Cruzeiro, atual bicampeão brasileiro. O Bahia manteve 30% e os outros 20% pertencem a um grupo de empresários. Na negociação, o Bahia recebeu uma quantia em dinheiro ainda não revelada oficialmente e o volante Souza por empréstimo. O jogador cruzeirense, inclusive, terá seu salário pago pelo clube de Minas Gerais até o final da temporada.

Leia aqui o desabafo de Pará

"Desde ontem se repercute a entrevista que dei na minha apresentação ao Cruzeiro, infelizmente a mídia transforma qualquer palavra dita em algo bom ou ruim! Jamais desdenharia do time que me acolheu, e que me deu a oportunidade da minha vida! Sai de uma cidade do interior do Pará, e se não fosse pelo Esporte Clube Bahia, não chegaria aonde estou! E foi no Esporte Clube Bahia onde eu aprendi a amar e honrar a camisa do time que jogo, a sempre tentar ser o melhor, e tentar proporcionar alegrias a torcida! Só quem já jogou em um BAVI pode saber a força que essa torcida tem! Tive o prazer de vestir a camisa tricolor por 2 anos, onde tivemos momentos de alegria como a conquista do campeonato baiano e momentos tristes como a queda pra segunda divisão! Então seria impossível pra mim falar que o Bahia ou sua torcida são pequenos como estão falando por ai! Porém agora, faço parte da equipe do Cruzeiro Esporte Clube, onde uma nova etapa se inicia em minha vida, e espero poder dar alegria a esse time e a sua torcida! Só tenho a agradecer a toda a nação tricolor e ao Esporte Clube Bahia! Um grande abraço"