Futebol

Argentina vence o Brasil na estreia de Sampaoli e encerra invencibilidade de Tite

Gabriel Mercado marcou o único gol da partida no amistoso realizado em Melbourne, na Austrália

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Se no futebol existe o momento certo de perder, a invencibilidade de Tite no comando da Seleção Brasileira foi quebrada no momento certo. A derrota por 1x0 para a Argentina no amistoso realizado na manhã desta sexta (9), em Melbourne, na Austrália, não apaga o brilho do trabalho do treinador que completou dez jogos com nove vitórias a frente da seleção e a vaga no Mundial da Rússia assegurada.

Já do lado argentino, o triunfo na estreia do técnico Jorge Sampaoli é o alento de que as coisas podem mudar e o time segue com chances de conseguir a classificação para a Copa do Mundo 2018, na Rússia.

Sem peças importantes como o atacante Neymar e o zagueiro Miranda, poupados, Tite aproveitou para fazer testes no time. O primeiro tempo começou movimentado. Do lado brasileiro, Philippe Coutinho ficou encarregado de municiar o ataque. Foi dele a primeira jogada de perigo ao cortar para o meio da área e tentar o chute que acabou desarmado. Do lado argentino a resposta veio com Di Maria, que arrancou pela esquerda e chutou acertando a trave de Weverton.


Se no futebol existe o momento certo de perder, a invencibilidade de Tite no comando da Seleção Brasileira foi quebrada no momento certo. A derrota por 1x0 para a Argentina no amistoso realizado na manhã desta sexta (9), em Melbourne, na Austrália, não apaga o brilho do trabalho do treinador que completou dez jogos com nove vitórias a frente da seleção e a vaga no Mundial da Rússia assegurada.

Já do lado argentino, o triunfo na estreia do técnico Jorge Sampaoli é o alento de que as coisas podem mudar e o time segue com chances de conseguir a classificação para a Copa do Mundo 2018, na Rússia.

Sem peças importantes como o atacante Neymar e o zagueiro Miranda, poupados, Tite aproveitou para fazer testes no time. O primeiro tempo começou movimentado. Do lado brasileiro, Philippe Coutinho ficou encarregado de municiar o ataque. Foi dele a primeira jogada de perigo ao cortar para o meio da área e tentar o chute que acabou desarmado. Do lado argentino a resposta veio com Di Maria, que arrancou pela esquerda e chutou acertando a trave de Weverton.