Esportes

Bahia é o único estado do Norte e Nordeste com medalhas na Olimpíada

Estado tem 23% de todas as medalhas do Brasil. Se fosse um país, a Bahia estaria na 45ª posição no quadro de medalhas

Jorge Gauthier (jorge.souza@redebahia.com.br)
- Atualizada em

A Bahia está em alta na Olimpíada do Rio de Janeiro. Até o momento, o estado já tem uma medalha de ouro, outra de prata e uma de bronze. Acha pouco? Mas não é! O total de medalhas conquistadas por atletas do estado corresponde a 23% do total de medalhas conseguidas pelo Brasil na competição, que foram 13 até o momento.


Com as medalhas conquistadas - o ouro de Robson Conceição no boxe e a prata e o bronze de Isaquias Queiroz na canoagem - a Bahia é o único estado das regiões Norte e Nordeste que possui medalhistas até a manhã desta quinta-feira (18). Separando por estados, a Bahia fica apenas atrás de São Paulo no número de medalhistas. São Paulo teve 5 atletas que subiram ao pódio. As medalhas baianas ainda têm um detalhe a mais: todas foram inéditas. O Brasil nunca tinha conquistado ouro no boxe olímpico assim como nunca tinha subido no pódio na canoagem na história da participação brasileira em jogos olímpicos, que começou em 1920.  


Se fosse um país, o estado estaria na 45ª posição no quadro de medalhas ficando a frente de países europeus como Portugal e Irlanda. Além disso, a Bahia estaria no seleto grupo dos 70 países que até o momento conquistaram alguma medalha. E essa conta pode aumentar.


O canoista Isaquias Queiroz compete nessa sexta em mais uma prova e pode garantir mais medalha na canoagem. "A minha luta não acaba ainda. Eu quero as três medalhas. Eu treinei para isso", promete o atleta. Além disso, as baianas que integram o futebol feminino podem também garantir uma medalha de bronze na disputa que acontece nessa sexta-feira (19).


Lista de todos os medalhistas do Brasil até 18 de agosto

Judô - ouro - Rafaela Silva - Rio de Janeiro

Judô - bronze - Mayra Aguiar - Rio Grande do Sul

Judô - bronze - Rafael Silva - Mato Grosso do Sul

Boxe - ouro - Robson Conceição - Bahia

Atletismo - ouro - Thiago Braz - São Paulo

Ginástica Artística - prata - Diego Hypolito - São Paulo

Ginástica Artística - prata - Arthur Zanetti - São Paulo

Ginástica Artística - bronze - Artur Nory - São Paulo

Canoagem de velocidade - prata e bronze - Isaquias Queiroz - Bahia

Vôlei de praia - prata -Ágatha Bednarczuk (Paraná) e Bárbara Seixas (Rio de Janeiro)

Tiro esportivo - prata - Felipe Wu  - São Paulo

Maratona aquática - Poliana Okimoto - bronze - São Paulo