Esportes

Baiana Ana Marcela faz história na maratona aquática

Atleta, de 27 anos, conquista o ouro nos 5km e se torna a maior medalhista da modalidade em Mundiais

Agência O Globo
- Atualizada em

Ana Marcela Cunha se tornou, nesta terça-feira, a maior medalhista da história da maratona aquática no Mundial de esportes aquáticos ao conquistar o ouro nos 5km em Gwangju, na Coreia do Sul. Com o feito, ela subiu ao pódio pela décima vez na competição, deixando para trás a holandesa Edith Van Dijk, que dividia com a brasileira o posto de maior medalhista da história. A prata ficou com a francesa Aurelie Muller e o bronze teve empate entre Hanna Moore, dos Estados Unidos, e Leonie Beck, da Alemanha.

Foto: Reprodução / Instagram
"Estou muito feliz, nunca imaginei isso, eu só queria ganhar, poder dar meu melhor. E é isso que eu faço quando caio na água", disse a baiana , de 27 anos, ao “globoesporte.com”. "Dez medalhas, eu me sinto normal, continuo sendo a mesma Ana Marcela que disputou o primeiro Mundial, lá em 2006, com 14 anos. É um currículo e tanto, é um orgulho, mas nada altera minha cabeça".

A medalha de ouro foi uma espécie de recompensa para a atleta que, no sábado, havia ficado fora do pódio nos 10km (a única prova da modalidade que faz parte do programa olímpico). Em quinto lugar, ela garantiu vaga nos Jogos de Tóquio, em 2020, mas não escondeu a frustração de não conquistar uma medalha.

Ontem, as condições climáticas a ajudaram. Vento forte, água mais mexida e um pouco mais fria (ao contrário do que ela encontrou no sábado) foram os ingredientes perfeitos para a brasileira completar a prova em 57min56.

"Não fiz a prova que gostaria nos 10km, quando fiquei em quinto lugar, sem a medalha. A gente veio aqui tentando dar o melhor nos 5km. Não é a prova que a gente mais esperava, mas ela veio e estou muito feliz", disse a brasileira.

Em Mundiais, a brasileira já havia conquistado três ouros (25km em 2011, 2015 e 2017), duas pratas (10km em 2013 e prova por equipes em 2015) e quatro bronzes (5km em 2013 e 2017, 10km em 2015 e 2017). Ela ainda pode disputar a prova por equipes hoje (às 20h de Brasília), além dos 25km, na noite de amanhã, também às 20h.

O Mundial de esportes aquáticos da Coreia do Sul vai até o dia 28 de julho. A medalha de Ana Marcela foi a primeira do Brasil na competição.