Copa 2018

Bélgica vence Panamá com boas atuações de suas estrelas

Hazard, Lukaku, Mertens e De Bruyne brilham em vitória por 3 a 0

Agência O Globo

Uma das seleções mais talentosas do torneio, a Bélgica iniciou sua campanha na Copa da Rússia com uma vitória tranquila contra o Panamá, por 3 a 0, com ótimas atuações de Lukaku, que fez dois gols, Hazard, Kevin De Bruyne e Mertens, que abriu o placar com um golaço.

No primeiro minuto, um pouco sem jeito, o Panamá tentou atacar a Bélgica que, sem se assustar, logo passou a dominar as ações e a tomar conta do jogo. Uma chance clara logo surgiu quando o capitão panamenho Torres tomou a frente de Hazard num lançamento, mas recuou fraco para o goleiro Penedo. Por pouco o camisa 10 belga e do Chelsea não abriu o placar.

A Bélgica, todavia, não conseguiu usar sua superioridade para criar boas oportunidades de gols. Até os 20 minutos, o lance mais perigoso foi em jogada ensaiada, com De Bruyne rolando bola rasteira para Mertens em cobrança de escanteio, que surgiu na área como elemento surpresa e bateu para fora.

Na sequência, De Bruyne roubou bola da defesa e cruzou rapidamente para Lukaku, que foi interrompido pela zaga panamenha em mais uma boa chegada belga. Sem acanhamento, o Panamá respondia tentando avançar, trocando passes, mas emperrava em sua própria falta de qualidade.

Sem conseguir criar através do jogo coletivo, Hazard, que era perseguido e sofria rodízio de faltas, tomou a iniciativa e buscou jogadas individuais. Numa delas, invadiu a área com facilidade e chutou para boa defesa do experiente Penedo.

No comecinho da segunda etapa, Mertens, que havia sido o homem de frente mais incisivo dos primeiros 45 minutos, acertou um sem-pulo em diagonal espetacular para abrir o marcador.

Desorganizada, a Bélgica tentou ampliar o placar de maneira estabanada, e chegou a sofrer ataques do Panamá, que subia sem muita convicção. Se a estrutura tática não funcionava, a Bélgica então usou a qualidade individual de seus dois craques. Em jogada iniciada por Hazard, De Bruyne de um corte seco no zagueiro e cruzou de trivela, na medida, para a cabeçada certeira de Lukaku.

Endiabrado, o centro-avante do Manchester United aproveitou um passe perfeito de Hazard em contra-ataque bem armado e deu uma cavadinha para superar Penedo, fazer 3 a 0 e fechar o placar para a primeira favorita da Copa que venceu e convenceu.