Futebol

Brasil vacila nos últimos minutos e perde para o Uruguai na semifinal do Pan

Seleção fica com um jogador a mais por quase toda a partida, mas vê o adversário virar o jogo em 2 minutos e vai disputar o bronze

Redação Goal
- Atualizada em

O Brasil não vai disputar a medalha de ouro no futebol masculino do Pan-Americano 2015. Nesta quinta-feira, em Toronto, a equipe treinada por Rogério Micale teve todas as condições de eliminar o Uruguai, mas sofreu dois gols na reta final da partida e perdeu de virada, por 2 a 1, dando adeus à briga pelo título.

Por cerca de 70 minutos, a Seleção esteve em vantagem numérica, já que Mauricio Lemos, logo aos nove minutos, agrediu Bruno Paulista com um soco e foi expulso da partida. Porém, no restante do primeiro tempo, a equipe brasileira não conseguiu aproveitar, abusando das jogadas individuais sem sucesso.
Na segunda etapa, o Brasil demorou, mas encontrou o seu gol. Erik recebeu de Dodô e driblou o goleiro, sofrendo o pênalti na sequência. Clayton, atacante do Figueirense, foi para a cobrança e desperdiçou, mas, no rebote, ele completou para o fundo das redes e deixou o país em vantagem.

Foto: Rafael Ribeiro / CBF
Dodô, que tentou jogada de efeito no meio-campo, perdeu a cabeça e deu uma entrada em Mathias Suárez, que rendeu a expulsão. Faltando dez minutos, o Uruguai mostrou que o lance seria fundamental. Depois de cobrança de escanteio, Schettino cabeceou para o gol e deixou tudo igual. E, em um contra-ataque poucos minutos depois, Santos bateu na saída de Andrey e completou o 2 a 1.

Agora, o Brasil vai disputar a medalha de bronze. E o jejum de ouro, que foi conquistado pela última vez em Indianápolis, 1987, ficará para Lima, daqui a quatro anos.